Pegada Hídrica dos Produtos Carne e Leite

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: ROSSO, Gisele

O projeto, em desenvolvimento pela Embrapa e parceiros, tem como base os sistemas de produção de carne em confinamento e de leite a pasto. A pegada é uma medida volumétrica do consumo de água. Ela se propõe a ser uma ferramenta analítica, auxiliando no entendimento de como o produto se relaciona com a escassez hídrica. O resultado da pesquisa será a validação de práticas e tecnologias para reduzir o valor da pegada hídrica e, assim, melhorar a eficiência do uso da água.
A pegada hídrica de um produto é definida como o volume de água consumido, direta e indiretamente, para produzir o produto. A principal vantagem do método frente a outras métricas é que ele calcula a água efetivamente consumida e não a água captada. No caso da carne, por exemplo, o cálculo para conhecer a pegada hídrica leva em consideração toda a água usada no processo, desde a quantidade consumida na produção do alimento dado ao animal até a utilizada no abate.
As informações geradas pelo cálculo vão possibilitar uma melhor gestão dos recursos hídricos nas propriedades e nas cadeias de produção da carne e do leite.

Ecossistema: Floresta Atlântica

Região: Sudeste

Situação: em execução Data de Início: Wed Jan 01 00:00:00 BRST 2014 Data de Finalização: Wed Jan 31 00:00:00 BRST 2018

Unidade Lider: Embrapa Pecuária Sudeste

Lider do Projeto: Julio Cesar Pascale Palhares

Contato: julio.palhares@embrapa.br

Palavras-chave: água, bovinos, sustentabilidade

Galeria de imagens