Micro-organismos multifuncionais de importância agrícola e ambiental

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

O projeto tem o objetivo de utilizar vários procedimentos de preservação a longo prazo de actinobactérias, bactérias, fungos, leveduras, arquéias e cianobactérias, isolados de diversos ecossistemas-biomas brasileiros, e também da Antártica considerados multifuncionais e de importância agrícola e ambiental.

Para isso estabeleceu uma Coleção de Microrganismos de Importância Agrícola e Ambiental – CMAA, que dispõe de um grande acervo de micro-organismos osmotolerantes isolados da Caatinga, bactérias psicrofílicas isoladas da Antártica, bactérias halofílicas dos manguezais, fungos celulolíticos da Amazônia, assim como bactérias envolvidas na biodegradação de petróleo e de xenobióticos, que necessitam ser preservados e que devem constituir extraordinário passivo para Bioprospecção.

Estratégias de bioprospecção e triagem em larga escala, considerando-se a grande diversidade microbiana ainda inexplorada, deverão propiciar novas aplicações biotecnológicas de micro-organismos. As perspectivas de recuperação ambiental, por meio da biorremediação e avanços em áreas de fronteira, como pesquisa em biossensores, são bastante promissoras e dependentes de novos isolados microbianos. Entretanto, para o pleno desenvolvimento dessas oportunidades, é fundamental que culturas puras e autenticadas estejam prontamente disponíveis em coleções ex situ para o desenvolvimento de projetos tecnológicos.

É nesse sentido que se espera que a coleção possa ser provedora de micro-organismos multifuncionais para estudos científicos e para a descoberta de novos compostos bioativos de importância agropecuária, ambiental e industrial.

Galeria de imagens