Sustentabilidade em casas tradicionais de matriz africana do DF e entorno: segurança alimentar e nutricional, agroecologia e conservação dos recursos naturais

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

O projeto foi construído para atender a uma política pública e objetiva contribuir para a sustentabilidade das casas tradicionais de matriz africana do Distrito Federal e Entorno, por meio do intercâmbio e construção de conhecimentos relacionados à produção de alimentos e à conservação dos recursos naturais. O projeto contempla 12 casas tradicionais, sendo que cada uma representa um universo complexo. Diante disso, as atividades previstas estão organizadas em três eixos: sistemas agroecológicos de produção, conservação e uso de recursos naturais e construção social de mercados. Para garantir o alcance dos resultados, a Embrapa propõe a criação de espaços de diálogos interétnicos, interativos e de reflexão do fazer a partir da memória biocultural desses povos. O projeto intenciona promover aprendizado que possibilitará a ampliação da contribuição da instituição na implementação da Política Nacional de Desenvolvimento Sustentável de Povos e Comunidades Tradicionais, bem como avançar na qualificação de estratégias de intercâmbio e construção coletiva do conhecimento, reconhecendo diferentes atores, estilos de agricultura e saberes tradicionais.

Ecossistema: Região dos Cerrados

Região: Centro-Oeste

Situação: em execução Data de Início: Mon Feb 01 00:00:00 BRST 2016 Data de Finalização: Thu Jan 31 00:00:00 BRST 2019

Unidade Lider: Embrapa Hortaliças

Lider do Projeto: Vinicius Mello Teixeira de Freitas

Contato: vinicius.freitas@embrapa.br