Bases para produção sustentável de noz-pecã no Brasil

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

O objetivo do projeto é avançar no conhecimento sobre o cultivo de nogueira-pecã e desenvolver tecnologias que possibilitem o aprimoramento sustentável do sistema de produção com enfoque no zoneamento edafoclimático, indicação de cultivares, na identificação dos problemas fitossanitários e no manejo horticultural das plantas com vistas à consolidação do cultivo desta frutífera na região Sul do Brasil. A estratégia de ação a ser adotada consiste da integração de uma rede de pesquisa comprometida com o avanço do conhecimento científico e tecnológico da cultura. A coordenação do projeto é da Embrapa em parceria com a Universidade Federal de Pelotas, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Universidade Federal de Santa Maria, Universidade Estadual do Pampa, Universidade Fundação de Rio Grande, Universidade Estadual do Rio Grande do Sul, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária, Emater e Empresa Catarinense de Pesquisa Agropecuária. A proposta foi elaborada com foco na distribuição geográfica e caracterização de cultivares de nogueira-pecã; zoneamento edafoclimático da nogueira-pecã para a região Sul do Brasil; caracterização do manejo do cultivo e dos problemas fitossanitários; e, intercâmbio de experiências. Espera-se obter o mapeamento das áreas produtivas, o conhecimento sobre a diversidade varietal empregada nos pomares, bem como a determinação do comportamento fenológico e produtivo das principais cultivares, permitindo a recomendação técnica de plantio e cultivo de nogueira-pecã para a região Sul além da identificação dos principais problemas nutricionais e fitossanitários que afetam a cultura.

Situação: concluído Data de Início: 07/2017 Data de Finalização: 06/2021

Unidade Lider: Embrapa Clima Temperado

Líder de projeto: Carlos Roberto Martins

Contato: carlos.r.martins@embrapa.br