Convertido de: Consórcio cana-de-açúcar e milho para intensificação sustentável da produção de açúcar e etanol no Cerrado

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

O projeto desenvolveu recomendações para sistemas integrados de cultivo de cana-de-açúcar e milho, capazes de aumentar de forma sustentável a produção de açúcar e etanol no Cerrado, uma vez que o milho pode ser utilizado para produção de etanol em usinas flex.Além de aumentar a sustentabilidade do sistema, substituindo o monocultivo historicamente utilizado no setor sucroenergético, o consórcio de culturas, os arranjos e outras formas de integração, se bem planejados, aumentam o rendimento por área e ao mesmo tempo favorecem os negócios das usinas. Além disso, possibilitam a intensificação sustentável da produção, que reduz a pressão de expansão da cana-de-açúcar sobre áreas nativas e de grãos, aumentando a eficiência e a competitividade do setor. Para o sucesso do plantio consorciado, a principal recomendação é iniciar de forma gradual a adoção do sistema. Como grande parte do avanço do plantio de cana-de-açúcar ocorreu recentemente próximo ou em áreas tradicionais de cultivo de grãos, regiões em que existem conhecimento técnico e disponibilidade de maquinário, produtores especializados podem inicialmente conduzir as lavouras consorciadas. Com base em experimentos conduzidos em três regiões distintas em termos de condições agroclimáticas – centro de Goiás, noroeste de São Paulo e sul de Mato Grosso do Sul, foram geradas recomendações consolidadas na publicação Consórcio de cana-de-açúcar com milho: recomendações de manejo para a região do Cerrado, que inclui orientações para espaçamento, período adequado para o plantio e operacionalização. O documento também contém informações sobre produtividade das culturas, possíveis problemas no canavial e manejo de herbicidas.

Situação: em execução Data de Início: 01/2019 Data de Finalização: 07/2022

Unidade Lider: Embrapa Cerrados

Líder do Projeto: Joao De Deus Gomes Dos Santos Junior

Contato: joao.jr@embrapa.br