Alternativas sustentáveis para geração de renda na comunidade da "Reserva Extrativista Verde Para Sempre" (Porto de Moz-PA)

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

A Reserva Extrativista (Resex) "Verde Para Sempre" foi criada em 2004, em uma área de 1.288.717 ha, em Porto de Moz-PA. Nela vivem famílias que sobrevivem principalmente da pesca artesanal, da agricultura de subsistência e da bubalinocultura. A falta de informações técnicas e a dificuldade de acesso direto ao mercado consumidor são apontadas pelos moradores como barreiras para o incremento da renda local. O projeto prevê o desenvolvimento de ações no interior da Resex para mapear por sensoreamento remoto a área da Resex, estudar a realidade sócio-econômica das populações tradicionais ribeirinhas, adaptar localmente e transferir tecnologias de produção sustentável, além de fortalecer coletivamente ações nas áreas de bubalinocultura, higiene na ordenha, produção de queijo, artesanato em couro e em produtos não-madeireiros (biojóias). Serão instaladas unidades demonstrativas na Resex a partir de discussão com a comunidade e os treinamentos de capacitação serão executados com a participação de pesquisadores, técnicos e pós-graduandos da Embrapa, EMATER, SENAR, Universidade Federal do Pará (UFPA) e Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA). As atividades envolverão a comunidade local através de planejamento estratégico participativo. A transferência de tecnologia será apoiada por materiais gráficos produzidos pela Embrapa, bem como pelo uso de mídias alternativas e do Programa "Prosa Rural". Como resultados esperados, tem-se o uso racional do espaço na Resex, a proteção ambiental, a maior capacitação e ocupação das pessoas no processo produtivo, a agregação de valor aos produtos e aumento da renda familiar.

Ecossistema: Amazônico

Situação: concluído Data de Início: Thu Feb 01 00:00:00 BRST 2007 Data de Finalização: Sun Jan 31 00:00:00 BRST 2010

Unidade Lider: Embrapa Amazônia Oriental

Lider do Projeto: Alexandre Rossetto Garcia

Contato: alexandre.garcia@embrapa.br