Produção Integrada de Uva para Processamento - Vinho e Suco

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

No Brasil, a viticultura ocupa uma área aproximada de 82,5 mil hectares, produzindo anualmente em torno de 1,34 milhão de toneladas de uvas. Portanto, a cultura da videira tem importante relevância socioeconômica para o país, sendo o Rio Grande do Sul o maior polo vitivinícola do Brasil, responsável por cerca de 90% da produção nacional de vinhos e sucos. O projeto teve como objetivo principal elaborar, validar e disponibilizar, para a sociedade brasileira, as Normas Técnicas da Produção Integrada de Uva para Processamento (vinho e Suco) – Normas PIUP. Foram instaladas parcelas experimentais para avaliar as cultivares de videira mais importantes, de acordo com sua representatividade de cultivo nas regiões produtoras do Rio Grande do Sul, de Pernambuco e do Paraná. Entre 2011 e 2015, foram elaboradas e harmonizadas as Normas PIUP, os Manuais Técnicos e os Documentos de Acompanhamento (Caderno de Campo, Caderno do Estabelecimento Vinícola e a Grade de Agroquímicos), os quais dão suporte à adoção do sistema de produção integrada. As Normas PIUP foram repassadas ao Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento para publicação em Diário Oficial, de maneira que os produtores e as vinícolas interessadas possam adotar o sistema de forma oficial. Estão ainda sendo desenvolvidas tecnologias para aperfeiçoar esse sistema, como a rastreabilidade eletrônica e o sistema de aviso de controle de doenças.