Identificação e Caracterização de Plantas Daninhas Resistentes ao Herbicida Glyphosate no Brasil

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: VARGAS, Leandro

A tecnologia das culturas transgênicas, resistentes ao glifosato, criou um novo cenário na agricultura brasileira. O glifosato está sendo usado de forma generalizada principalmente nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná em lavouras de soja. No estado de São Paulo o glifosato é amplamente utilizado em pomares, principalmente de citros. O uso repetido do glifosato fez com que casos de resistência de plantas daninhas ao glifosato surgissem em diferentes locais no Brasil. A tendência é que novas culturas, como exemplo o milho, resistentes ao glifosato sejam lançadas no mercado em breve. Neste cenário vai ocorrer aumento no uso do glifosato e nos próximos anos o uso de rotação e sucessão de culturas resistentes ao glifosato será uma prática comum. Como problema, existem as plantas daninhas resistentes e tolerantes ao glifosato. Espécies de Lolium, Conyza, Eleusine, Euphoria e Digitaria, resistentes ao glifosato foram identificadas no Brasil e se constituem em um grave problema nas culturas da soja e em citros. Assim, os objetivos deste projeto são entender os processos que levam à resistência ao glifosato, identificar as espécies resistentes existentes no Brasil, localizar regionalmente onde estão ocorrendo os focos de resistência, caracterizar os mecanismos de resistência, estabelecer estratégias de prevenção, manejo e controle das espécies resistentes.

Situação: concluído Data de Início: 04/2011 Data de Finalização: 11/2015

Unidade Lider: Embrapa Trigo

Líder do Projeto: Leandro Vargas

Contato: leandro.vargas@embrapa.br

Galeria de imagens