Caracterização ambiental de duas regiões do Bioma Mata Atlântica no Paraná e sua importância para estudos em serviços ambientais.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Autoria: FRITZSONS, E.; MANTOVANI, L. E.; PRATES, V.; WREGE, M. S.

Resumo: O clima, a estrutura geológica, o solo, a vegetação e a hidrografia são interdependentes e condicionam a formação de paisagens naturais distintas e uma identidade própria, o que gera diferentes serviços ambientais. O objetivo deste trabalho é descrever, comparativamente, as regiões de Ponta Grossa e de Santo Inácio, especialmente em termos climáticos, mas também geológicos e pedológicos e de uso e cobertura da terra. Conclui-se que ambas as regiões apresentam como semelhança o relevo formado por extensas vertentes alongadas e por Latossolos Vermelhos, mas tem o clima como grande diferencial: há menor insolação, temperaturas médias e mínimas mais baixas, maior frequência de geadas e maior disponibilidade hídrica durante o ano em Ponta Grossa, comparado a Santo Inácio. Estas condições climáticas exercem influência na agricultura, na produtividade do ecossistema, na degradação da matéria orgânica, no uso e cobertura da terra e na influência sobre os serviços ambientais e, de forma mais direta, os serviços de provisão e de suporte.

Ano de publicação: 2015

Tipo de publicação: Parte de livro

Observações

1 - Por padrão são exibidas publicações dos últimos 20 anos. Para encontrar publicações mais antigas, configure o filtro ano de publicação, colocando o ano a partir do qual você deseja encontrar publicações. O filtro está na coluna da esquerda na busca acima. 

2 - Para ler algumas publicações da Embrapa (apenas as que estão em formato ePub), é necessário ter, no celular ou computador, um desses softwares gratuitos. Sistemas Android: Google Play Livros; IOS: iBooks; Windows e Linux: software Calibre.

 


Acesse outras publicações

Acesse a Base de Dados da Pesquisa Agropecuária (BDPA) para consultar o acervo completo das bibliotecas da Embrapa.