Rússia: Prospectando oportunidades para o agronegócio brasileiro.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Autoria: SEIXAS, M. A.

Resumo: Em 2014, com a crise política entre Rússia e Ucrânia, o país foi alvo de políticas restritivas por parte da União Europeia e de outros países ocidentais, proibindo as importações agrícolas de produtos oriundos da Rússia para esses países. Em resposta, a Rússia priorizou o mercado interno e a abertura de novos mercados para exportação, dinamizando o setor agrícola e quebrando recordes históricos, para os padrões locais, na produção de trigo, milho, cevada, açúcar, aves e suínos. De 2015 a 2017, a Rússia se tornou a maior exportadora mundial de trigo e atingiu a autossuficiência em carne de aves de corte. Em 2018, o país se destaca no mercado de commodities agrícolas como o maior produtor global de cevada; 4º maior produtor de trigo e, mais recentemente, seu maior exportador; 2º maior produtor de sementes de girassol; 3º maior produtor de laticínios; e 5º maior produtor global de ovos e carne de frango.

Ano de publicação: 2018

Tipo de publicação: Folders

Observação

Para ler algumas publicações da Embrapa (apenas as que estão em formato ePub), é necessário ter, no celular ou computador, um desses softwares gratuitos. Sistemas Android: Google Play Livros; IOS: iBooks; Windows e Linux: software Calibre.

 


Acesse outras publicações

Acesse a Base de Dados da Pesquisa Agropecuária (BDPA) para consultar o acervo completo das bibliotecas da Embrapa.
Visite a Livraria Embrapa para adquirir livros e outras publicações vendidas pela Empresa.