Qualidade de sementes comercializadas de braquiárias: o que mudou após 10 anos?

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Autoria: PEREIRA, S. R.; RODRIGUES, A. P. D'A. C.; OLIVERIA, D. R.; LAURA, V. A.; COSTA, D. A. D.

Resumo: Objetivou-se avaliar a qualidade física e fisiológica de sementes de três espécies de braquiárias (Urochloa brizantha, U. humidicola e U. decumbens) comercializadas em Campo Grande (MS) e comparar os resultados obtidos em 2017 com diagnóstico prévio realizado em 2007. Os experimentos foram conduzidos em um delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3 X 6, com três espécies e seis empresas avaliadas, totalizando 18 tratamentos. As variáveis analisadas foram: pureza física, peso de mil sementes, germinação, sementes dormentes, sementes mortas e valor cultural. Para analisar se houve alteração na qualidade de sementes no período de dez anos, utilizou-se como referência outro estudo publicado no ano de 2009, que avaliou também as sementes das mesmas três espécies, provenientes de seis empresas. Os resultados encontrados demonstram que a qualidade física das espécies U. decumbens e U. humidicola apresentou melhora quando comparada à 2007, bem como a qualidade fisiológica de U. brizantha e U. humidicola.

Ano de publicação: 2019

Tipo de publicação: Folhetos

Observação

Para ler algumas publicações da Embrapa (apenas as que estão em formato ePub), é necessário ter, no celular ou computador, um desses softwares gratuitos. Sistemas Android: Google Play Livros; IOS: iBooks; Windows e Linux: software Calibre.

 


Acesse outras publicações

Acesse a Base de Dados da Pesquisa Agropecuária (BDPA) para consultar o acervo completo das bibliotecas da Embrapa.
Visite a Livraria Embrapa para adquirir livros e outras publicações vendidas pela Empresa.