Vacinação contra febre aftosa e a Covid-19: como proteger o rebanho sem descuidar da saúde do trabalhador rural.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Autoria: SOUZA, V. F. de

Resumo: A maioria dos estados brasileiros começará a primeira etapa de vacinação para controle de aftosa nos meses de maio e junho. Os produtores devem vacinar seus rebanhos de bovinos e bubalinos de todas as idades, conforme o calendário (https://www.gov. br/agricultura/pt-br/assuntos/noticias/ CalendriodeVacinao_FA_2020.pdf) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Entretanto, em virtude da pandemia causada pelo coronavírus (SARS-CoV-2) que provoca a COVID-19, é importante a adoção de medidas preventivas pelos trabalhadores rurais no exercício de suas funções, consideradas essenciais, para assegurar sua saúde, bem como de suas famílias e da coletividade. A continuidade dessas ações permite o avanço no Plano Estratégico 2017-2026 do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA), com a ampliação de zonas livres de febre aftosa sem vacinação, como Santa Catarina e Paraná. Contudo, para evitar a disseminação da COVID-19, o MAPA adotou algumas alterações durante a campanha, como a comprovação da vacinação contra febre aftosa, que deverá ser realizada, preferencialmente, pela internet. Em caso de dúvida o produtor rural deve entrar em contato com o órgão de Defesa Sanitária Animal da região. Além disso é preciso ficar atento ao calendário de vacinação e possíveis ajustes de datas, pois estados como Alagoas, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe tiveram a primeira etapa da campanha alocada para junho de 2020. Todavia, com a pandemia de COVID-19, cuidados recomendados pelo Ministério da Saúde deverão ser incorporados ao manejo dos animais, dessa vez tendo como alvo a preservação da saúde dos trabalhadores rurais e a atenção ao ambiente, englobando o conceito de Saúde Única.

Ano de publicação: 2020

Tipo de publicação: Folhetos

Observação

Para ler algumas publicações da Embrapa (apenas as que estão em formato ePub), é necessário ter, no celular ou computador, um desses softwares gratuitos. Sistemas Android: Google Play Livros; IOS: iBooks; Windows e Linux: software Calibre.

 


Acesse outras publicações

Acesse a Base de Dados da Pesquisa Agropecuária (BDPA) para consultar o acervo completo das bibliotecas da Embrapa.
Visite a Livraria Embrapa para adquirir livros e outras publicações vendidas pela Empresa.