Características físico-químicas do solo em diferentes agroecossistemas na região bragantina do Nordeste paraense.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Autoria: BAENA, A. R. C.; FALESI, I. C.; DUTRA, S.

Resumo: A região bragantina, localizada ao nordeste do Estado do Pará, foi a primeira na Amazônia a ser intensivamente colonizada de maneira dirigida. Esta colononização inicialmente se deu em duas etapas principais: a prijeira em 1875, com a implantação da colônia de Benevides, e a segunda coma construção da Estrada de ferro de Bragança, concluída em 1908. Antes de ser ocupada, a maior parte dessa região era recoberta pela exubeante floresta tropical úmida, e atualmetne muito pouco resta deste tipo de vegetação, pois a colonização se fez pelo sistema de roçados (shifiting cultivation) que consiste n a derrubada e queima das árvores, para posterior plantio de milho, arroz, feijão e mandioca. Devido à mudança da paisagem, a região bragantina é citada como exemplo de uma região devastada. Este estudo consistiu na seleção de 23 áreas representativas dos diversos tipos de uso da terra praticado atualmente, abrangendo desde o primitivo sistema de roçados aos que praticam métodos considerados modernos, onde doram avaliadas as condições químicas e físicas do solo na camada superficial de 0 a 20 cm.

Ano de publicação: 1998

Tipo de publicação: Folhetos

Observação

Para ler algumas publicações da Embrapa (apenas as que estão em formato ePub), é necessário ter, no celular ou computador, um desses softwares gratuitos. Sistemas Android: Google Play Livros; IOS: iBooks; Windows e Linux: software Calibre.

 


Acesse outras publicações

Acesse a Base de Dados da Pesquisa Agropecuária (BDPA) para consultar o acervo completo das bibliotecas da Embrapa.
Visite a Livraria Embrapa para adquirir livros e outras publicações vendidas pela Empresa.