Produção de matéria seca em mudas de seringueira submetidas a diferentes doses de fósforo.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Autoria: SANTANNA, C. A. F.; ALVES, V. M. C.; BRAGA, J. M.; MELO, A.

Resumo: A implantacao de seringais de cultivo em regioes consideradas nao tradicionais, tambem conhecidas como areas de escape, tem se constituido em um desafio, uma vez que praticamente inexistem resultados de pesquisa em adubacao que possam assegurar o estabelecimento de seringais tanto na fase de implantacao e formacao, quanto de producao. No Estado de Minas Gerais as terras destinadas ao plantio de seringueiras estao geralmente na regiao do Cerrado ou se constituem de solos empobrecidos por longos anos de utilizacao agricola e/ou pecuaria, como e o caso da Zona da Mata e Medio Rio Doce. Neste contexto, torna-se imprescindivel estudos que permitam a definicao de tecnicas de adubacao buscando respaldar os produtores na formacao de seringais de alta produtividade. A aplicacao de fertilizantes minerais tem sido uma tecnica usualmente utilizada nos diversos estagios da cultura. No entanto, apesar da importancia do conhecimento das necessidades nutricionais, os niveis de nutrientes aplicados nos seringais jovens de Minas Gerais, normalmente sao baseados em experiencias adquiridas de outras regioes tais como o Norte do pais ou de outros paises, como a Malasia. A literatura relata que, o fosforo se constitue no elemento que apresenta respostas mais consistentes na adubacao de seringais principalmente na fase juvenil, quando o nutriente atuaria estimulando o desenvolvimento do sistema radicular. Este fato e de extrema importancia nas areas de escape, considerando que as mesmas se caracterizam por um periodo seco definido e prolongado. Este trabalho foi realizado visando fornecer subsidios para recomendacao da adubacao fosfatada, no desenvolvimento inicial da seringueira. Um experimento foi conduzido na Fazenda Experimental da EPAMIG no municipio de Ponte Nova-MG, utilizando Latossolo Vermelho-Amarelo, distrofico, textura muito argilosa. As mudas foram provenientes de sementes ilegitimas colhidas em area de plantio do clone RRIM 600 e cultivadas em sacos de polietileno, com capacidade para aproximadamente 4.0 dm3 de volume de substrato. Os tratamentos foram distribuidos em blocos ao acaso, com 4 repeticoes e 10 plantas por parcela.

Ano de publicação: 1996

Tipo de publicação: Parte de livro

Observação

Para ler algumas publicações da Embrapa (apenas as que estão em formato ePub), é necessário ter, no celular ou computador, um desses softwares gratuitos. Sistemas Android: Google Play Livros; IOS: iBooks; Windows e Linux: software Calibre.

 


Acesse outras publicações

Acesse a Base de Dados da Pesquisa Agropecuária (BDPA) para consultar o acervo completo das bibliotecas da Embrapa.
Visite a Livraria Embrapa para adquirir livros e outras publicações vendidas pela Empresa.