Atuação do banco ativo de germoplasma de mandioca.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Autoria: SILVA, S. de O. e.

Resumo: Entre os fitotecnistas existe uma tendência de somente considerar cultivares com valor genético atual, eliminando quase sempre aqueles que apresentam baixa produtividade e pouca resistência aos fatores ecológicos adversos do meio ambiente regional, provocando assim perdas gênicas. Para a mandioca, assim como para outras espécies vegetais, faz-se necessário a reunião, manutenção e multiplicação de todas as cultivares existentes em coleções ativas, a fim de se evitar uma possível redução na base genética da cultura. Define-se como Banco de Germoplasma uma coleção de cultivares, variedades, clones ou sementes de uma espécie ou de espécies afins, com a finalidade de garantir uma ampla base genética, a ser usada em trabalho de melhoramento de uma cultura. Atualmente usa-se muito a expressão Banco Ativo de Germoplasma, proporcionando uma ideia de continuidade de obtenção de uso de informações sobre as espécies, variedades, cultivares e clones.

Ano de publicação: 1981

Tipo de publicação: Folhetos

Observação

Para ler algumas publicações da Embrapa (apenas as que estão em formato ePub), é necessário ter, no celular ou computador, um desses softwares gratuitos. Sistemas Android: Google Play Livros; IOS: iBooks; Windows e Linux: software Calibre.

 


Acesse outras publicações

Acesse a Base de Dados da Pesquisa Agropecuária (BDPA) para consultar o acervo completo das bibliotecas da Embrapa.
Visite a Livraria Embrapa para adquirir livros e outras publicações vendidas pela Empresa.