Características físico-químicas dos frutos de laranjeira Natal 112 no Semiárido Nordestino.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Autoria: NASCIMENTO, S. S. do; BASTOS, D. C.; NASCIMENTO, F. S. S.; PASSOS, O. S.; CALGARO, M.; PINTO, J. M.

Resumo: A produção de laranja de alta qualidade é avaliada por meio das suas características físico-químicas e tais características variam durante o período de maturação do fruto. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar as características físico-químicas de frutos de laranjeira ?Natal 112?, produzidos nas condições do Semiárido nordestino. Para tanto, foram utilizados dez frutos maduros (selecionados visualmente), coletados aleatoriamente, em seis épocas distintas, em cinco plantas da mesma variedade, no período de agosto de 2011 a janeiro de 2012. Os frutos foram acondicionados em sacos plásticos, armazenados durante 1 a 5 dias, a temperaturas entre 4 ºC e 7 ºC, em câmara fria até a avaliação. Os frutos foram submetidos às seguintes avaliações: massa dos frutos (g), acidez total titulável (AT) do suco, sólidos solúveis totais (ST) em °Brix. Observou-se que a melhor época de produção ficou de meados de agosto a setembro, quando o fruto possui maior massa, apresenta baixa acidez e °Brix elevado, obtendose dessa forma fruto com sabor mais doce.

Ano de publicação: 2012

Tipo de publicação: Parte de livro

Observação

Para ler algumas publicações da Embrapa (apenas as que estão em formato ePub), é necessário ter, no celular ou computador, um desses softwares gratuitos. Sistemas Android: Google Play Livros; IOS: iBooks; Windows e Linux: software Calibre.

 


Acesse outras publicações

Acesse a Base de Dados da Pesquisa Agropecuária (BDPA) para consultar o acervo completo das bibliotecas da Embrapa.
Visite a Livraria Embrapa para adquirir livros e outras publicações vendidas pela Empresa.