Associação de silicato de potássio a diferentes fungicidas no controle mancha alvo na cultura da soja.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Autoria: VOLF, M. R.; SICHOCKI, D.; MAGGIONI, E. J.; RIBEIRO; J. F.; MAYER, M. C.; FELLER, D. O.

Resumo: A cultura da soja é de extrema importância econômica e social no cenário nacional. O presente trabalho teve por objetivo avaliar a associação do silicato de potássio a diferentes fungicidas no controle de doenças da soja. Os tratamentos foram compostos por 0.5 L ha-1 i.a. de carbendazin, 0.8 L ha-1 i.a. de carbendazin, 0.5 L ha-1 i.a de tiofanato metílico, 0.8 L ha-1 i.a de tiofanato metílico, 0.8 L ha-1 i.a de BAS 702F, 0.4 L ha-1 i.a de Fox© e 0.5 L ha-1 i.a de Reforce© (fosfito de potássio) sendo que a todos os tratamentos foram adicionados 5 L ha-1 de silicato de potássio. Foram feitas avaliações de severidade de produtividade da soja. O silicato de potássio proporcionou controle de algumas doenças. O fungicida BAS 702 F proporcionou o melhor controle de mancha alvo. A associação de silicato de potássio a alguns fungicidas promoveu efeitos antagônicos, que reduziram a eficiência do fungicida, porém ocorreu também efeitos sinérgicos em função dessa associação.

Ano de publicação: 2012

Tipo de publicação: Parte de livro

Unidade: Embrapa Soja

Palavras-chave: Soja - doença

Observação

Para ler algumas publicações da Embrapa (apenas as que estão em formato ePub), é necessário ter, no celular ou computador, um desses softwares gratuitos. Sistemas Android: Google Play Livros; IOS: iBooks; Windows e Linux: software Calibre.

 


Acesse outras publicações

Acesse a Base de Dados da Pesquisa Agropecuária (BDPA) para consultar o acervo completo das bibliotecas da Embrapa.
Visite a Livraria Embrapa para adquirir livros e outras publicações vendidas pela Empresa.