Impacto do aumento da concentração de dióxido de carbono sobre o oídio da videira.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Autoria: RODRIGUES, D. R.; ANGELOTTI, F.; PINHEIRO, G. S.; GHINI, R.; FERNANDES, H. A.

Resumo: Segundo o Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC), a concentração do dióxido de carbono (CO2) até o final do século chegará aos 550 ppm. Este aumento poderá causar impactos positivos ou negativos sobre a interação planta-patógeno. Na região Nordeste, o oídio da videira causa danos consideráveis à produção por apresentar condições climáticas favoráveis ao desenvolvimento do patógeno durante todo o ano. O trabalho teve como objetivo avaliar o impacto do aumento da concentração de CO2 sobre o oídio da videira. O experimento foi realizado em câmaras de crescimento com controle da concentração de CO2 e temperatura. No experimento mudas de videira da cultivar Crimson foram inoculadas com uma suspensão de 105 esporos/ml por meio de pulverização até o ponto de escorrimento. Para cv. Crimson, o aumento da concentração de CO2 proporcionou um aumento na severidade da doença.

Ano de publicação: 2012

Tipo de publicação: Separatas

Observação

Para ler algumas publicações da Embrapa (apenas as que estão em formato ePub), é necessário ter, no celular ou computador, um desses softwares gratuitos. Sistemas Android: Google Play Livros; IOS: iBooks; Windows e Linux: software Calibre.

 


Acesse outras publicações

Acesse a Base de Dados da Pesquisa Agropecuária (BDPA) para consultar o acervo completo das bibliotecas da Embrapa.
Visite a Livraria Embrapa para adquirir livros e outras publicações vendidas pela Empresa.