Uso de tecnologia de precisão na estimativa da capacidade de suporte em pastagens sob uso múltiplo no Pantanal.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Autoria: SANTOS, S. A.; DESBIEZ, A. L. J.; BALDIVIEZZO-PEROTTO, H. L.; PELLEGRIN, L. A.

Resumo: O Pantanal brasileiro, a maior planície inundável do mundo, apresenta extensas áreas de pastagens naturais, que favoreceram a criação de gado de corte, introduzidos na região na época da colonização (século XVI), a qual se tornou a principal atividade econômica após o declínio do ciclo do ouro na região. Os bovinos e equinos são criados em conjunto com os grandes herbívoros silvestres, tais como a anta (Tapirus terrestris), o cervo-do-Pantanal (Blastocerus dichotomus),o veado-campeiro (Ozotoceros bezoarticus) e o veado mateiro (Mazama spp.). Há outros animais silvestres herbívoros como a capivara (Hydrochaeris hydrochaeris) e animais que também consomem plantas tais como os pecarídeos (DESBIEZ et al., 2008).

Ano de publicação: 2013

Tipo de publicação: Folhetos

Unidade: Embrapa Pantanal

Palavras-chave: Naturais, Pastagens

 


Acesse outras publicações

Acesse a Base de Dados da Pesquisa Agropecuária (BDPA) para consultar o acervo completo das bibliotecas da Embrapa.
Visite a Livraria Embrapa para adquirir livros e outras publicações vendidas pela Empresa.