Retenção de Novilhas no Pantanal

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

Com o objetivo de incentivar, viabilizar e consolidar o desenvolvimento da bovinocultura de corte na Planície Pantaneira, o conselho deliberativo (CONDEL) do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), em 2003, pela Resolução CONDEL/FCO nº 176, estabeleceu a linha de financiamento de retenção de matrizes na planície pantaneira com a premissa de: a) aumentar o efetivo bovino na planície pantaneira; b) utilização plena da capacidade de suporte das pastagens; c) melhorar o manejo e os índices zootécnicos; d) capacitação técnica das empresas de assistência técnica e gerencial dos gerentes e capatazes das propriedades da região. Os beneficiários eram os produtores rurais cujas propriedades preenchiam as seguintes condições: propriedades localizadas na planície pantaneira com no mínimo de 50% constituída de pastagem nativa; propriedades integradas a projetos de capacitação gerencial, que assegurassem melhoria do manejo e dos índices zootécnicos; e com áreas de pastagens, com potencial que permitisse a evolução da atividade (FCO, 2009). O prazo do financiamento era de 8 anos, incluído o período de carência de até 4 anos. A Embrapa Pantanal desenvolveu e adaptou tecnologias envolvendo manejo nutricional, reprodutivo e sanitário com o objetivo de selecionar animais (fêmeas) de reposição para o melhoramento dos índices zootécnicos da pecuária do Pantanal. O que permitiu aumentar o número de bovinos na região do Pantanal, reduzir o acúmulo de matéria seca das gramíneas nativas, contribuindo para a redução do número de incêndios na região.

Quem ganha com isso?

Produtores rurais, invernistas, frigoríficos, varejistas e consumidores.

Abrangência geográfica

Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Benefícios econômicos, sociais e ambientais

A utilização dessas soluções direciona o sistema de produção à intensificação sustentável, o que proporciona maior renda por unidade de área ao produtor, e ganhos sociais com maior número de bezerros e melhor qualidade de mão de obra. Também permite diminuir proporcionalmente a emissão de gases do efeito estufa.

Parceiros

Banco do Brasil, Sindicatos Rurais dos municípios do Pantanal, Famasul, Famato, Acrimat e Acrissul

Esta solução tecnológica foi desenvolvida pela Embrapa em parceria com outras instituições.

Prática agropecuária: Prática agropecuária Ano de Lançamento: 2004

Bioma: Pantanal

Onde Encontrar:
Embrapa Pantanal
Corumbá, Mato Grosso do Sul
Rua 21 de Setembro nr 1880
Fone: +55 (67) 3234-5800
CEP: 79320-900
Caixa Postal: 109
http://www.embrapa.br/pantanal