Mandioquinha salsa Amarela de Senador Amaral

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: LOBO, Leandro Santos

A mandioquinha-salsa, batata-baroa, batata-salsa ou batata-aipo é uma hortaliça originária dos Andes, sendo cultivada em regiões de clima ameno o ano inteiro, com altitudes entre 1500 e 2500 m. No Brasil, é principalmente cultivada na Região Centro-Sul, predominantemente nas áreas elevadas, de 800 a 1500 m, onde ocorrem condições climáticas próximas ao seu local de origem. As cultivares existentes antes da Amarela de Senador Amaral tinham ciclo muito tardio e instabilidade de produção, o que dificultava a regularidade de oferta de produto e a garantia de renda do produtor.

O programa de melhoramento que vem sendo conduzido na Embrapa Hortaliças desde 1985 desenvolveu, no ano de 1998, a variedade Amarela de Senador Amaral. Suas principais características são a alta produtividade, superior a 25 toneladas por hectare; a qualidade e uniformidade de raízes; e a precocidade, com ciclo de produção entre 7 e 8 meses contra 10 a 12 meses da Amarela Comum. Desde o lançamento, a cultivar vem ganhando espaço na cadeia produtiva de mandioquinha-salsa e, atualmente, é o material mais plantado no Brasil.

Quem ganha com isso

A agricultura familiar é a principal beneficiária da tecnologia. Nesse segmento, os produtores têm se beneficiado diretamente com aumentos de renda gerada pelos bons preços que o produto de qualidade superior atinge no mercado. Também se beneficiam os produtores de mudas e as agroindústrias de mandioquinha-salsa, além da rede de transportes, do setor de embalagens e dos consumidores finais que, graças ao lançamento da nova cultivar passaram a usufruir de maior oferta desse produto, antes raramente disponível no mercado. Além disso, também foram beneficiados com a disponibilidade de um amplo mix de produtos processados da mandioquinha-salsa (purê, farinha e chips).

Abrangência geográfica

DF, GO e todos os Estados das regiões Sudeste e Sul.

Benefícios econômicos e sociais

Em ganhos de produtividade, os rendimentos médios da ‘Amarela de Senador Amaral’ foram de 18,6 toneladas por hectare enquanto a ‘Amarela comum’ alcançou a média de 12,2 toneladas por hectare. Ao preço médio recebido pelo produtor de R$ 2,20 por quilo, o ganho unitário gerado pela tecnologia foi de R$ 14,08 mil por hectare. Desse valor, creditou-se à Embrapa uma quota-parte de 60% que gerou ganho líquido para a Empresa de R$ 8.448 por hectare que, multiplicado pela área de adoção, gerou para a Embrapa um valor de R$ 115,5 milhões em benefícios econômicos transferidos para a sociedade.

O maior impacto ambiental observado em decorrência do uso da cultivar de mandioquinha-Salsa ‘Amarela de Senador Amaral’ foi positivo e observado para os indicadores de Uso de Agroquímicos. Chama atenção, nesse contexto, citação unânime por parte dos entrevistados de uma redução da frequência de aplicação de agrotóxicos em função do uso da tecnologia.

Parceiros

Emater-MG, Emater-PR, EMCAPA, EPAGRI, PESAGRO-Rio, EPACE, CATI, Casa da Agricultura.

Produto: Cultivar Ano de Lançamento: 1998

Onde Encontrar:

WUESLEY JURACZKY
Comunidade Rio Claro
CEP:89480000
Cidade: Major Vieira
UF: SC
Telefone: 47 3058-8575
E-mail: mudassalsa1_@hotmail.com

AUGUSTINHO CHUDZINSKI
Vila Lageado, s/n , Zona Rural
CEP:89460000
Cidade: Canoinhas
UF: SC
Telefone: 47 99906-2091
E-mail: EDUEBR@HOTMAIL.COM

TSUTOMU MASSUDA
RUA FRANCISCO ASSIS DE ANDRADE
CEP:84165970
Cidade: Castro
UF: PR
Telefone: (42)3233-4384
E-mail: massuda@unicastro.com.br

MARA CÉLIA SOARES ENGEL
Localidade de Boa Vista, s/n, Zona Rural
CEP:89460000
Cidade: Canoinhas
UF: SC
Telefone: 47 98895-5947
E-mail: AGROENGEL@GMAIL.COM

EAGLE FLORES FRUTAS & HORTALIÇAS
RUA DR ARNALDO GODOY DE SOUSA 1685 - TUB
CEP:38412096
Cidade: Uberlândia
UF: MG
Telefone: (34)3238-3030
E-mail: guilherme.apt@eagleflores.com.br

Galeria de imagens