Correção do efeito da umidade sobre a resistência do solo à penetração

imagem

Foto: KURTZ, Paulo Odilon

A resistência do solo à penetração (RP) é um dos principais indicadores do estado de compactação do solo no sistema plantio direto (SPD), porém, é fortemente influenciada pela umidade. A dependência da RP em relação à umidade do solo pode conduzir a erros no diagnóstico do estado de compactação e, sub ou superestimando-o. Isso pode resultar na adoção de estratégias inapropriadas de manejo do solo, conduzindo a aumento dos custos de produção e redução do desempenho produtivo da soja e outras culturas componentes do sistema de produção de grãos. Assim, a Embrapa Soja, em parceria com o CESNORS/UFSM, desenvolveu modelos matemáticos para correção da RP para um valor de umidade de referência, que são válidos para solos argilosos manejados sob SPD. Esses modelos são simples, e utilizam como variáveis de entrada apenas a RP e a umidade do solo em base gravimétrica, o que torna a metodologia de grande aplicabilidade prática. A validação da metodologia em condições de campo demonstrou que os modelos desenvolvidos permitem observar diferenças no estado de compactação do solo nas áreas, que antes não eram detectadas em função de variações de umidade.

Metodologia: Metodologia técnico-científica Ano de Lançamento: 2012

Unidade Responsável: Embrapa Soja

Onde Encontrar:
Informações com a Equipe de Manejo do Solo e da Cultura da Embrapa Soja
Rod. Carlos João Strass, s/nº, acesso Orlando Amaral
Caixa Postal 231, CEP 86001-970, Distrito de Warta, Londrina/PR
Telefone: (43) 3371 6000
http://www.embrapa.br/soja

Galeria de imagens