Semeadura direta: uma alternativa para propagação do bacurizeiro no Estado do Pará

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: Rosa, Ronaldo

O método da semeadura direta para propagação do bacurizeiro consiste em semear três sementes por cova, que em seguida, as sementes devem ser protegidas para prevenir ataques de roedores, essa proteção pode ser com uso de garrafas PET ou vasos de plástico flexível (cortadas em rodelas e sem fundo). O método de semeadura direta proporciona sobrevivência superior a 90% das mudas em campo, após 12 meses da semeadura as mudas (porta-enxertos) podem ser enxertadas diretamente no campo. Mas, se o enxerto não vingar em determinadas plantas, existe a possibilidade de enxertá-las novamente no mesmo porta-enxerto. Para a propagação do bacurizeiro, a semeadura direta apresenta-se como alternativa pois contorna dois problemas que ocorrem na implantação de pomares com essa espécie: a baixa sobrevivência das mudas (aumenta de 70 para 90% o tempo de sobrevivência das plantas após um ano de plantio) e propicia do desenvolvimento da raiz primária do bacurizeiro (no caso da semeadura feita em saco plástico é preciso fazer poda drástica na raiz para retirá-la do viveiro e levar a planta para o plantio no local definitivo).

Prática agropecuária: Prática agropecuária Ano de Lançamento: 2015

Bioma: Amazônia

Onde Encontrar:
Embrapa Amazônia Oriental
Trav. Dr. Enéas Pinheiro s/nº
Caixa Postal, 48 Belém, PA – Brasil
CEP 66095-100
Fone: (91) 3204-1000
Fax: (91) 3276-9845

Galeria de imagens