Avaliação do custo-benefício dos sistemas de produção em integração

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

A prática apresenta diretrizes para a avaliação econômica de sistemas de integração (lavoura-pecuária, pecuária-floresta e lavoura-pecuária-floresta), que visam contribuir para uniformizar o processo de avaliação econômica desses sistemas.

Entre elas estão: uso de instrumentos como a programação linear na fase de planejamento para auxiliar na escolha da combinação de atividades; cálculo da participação percentual de cada item no custo total e em grupos de custos intermediários; análises de sensibilidade para as variáveis mais importantes, como a produtividade das lavouras, o ganho de peso dos bovinos e os preços dos grãos, da carne e da madeira, além da descrição do cálculo do indicador, ou seja, quais componentes do custo entram no cálculo.

Os benefícios econômicos dos sistemas de integração incluem: aumento do produto total; melhor aproveitamento da mão-de-obra; redução do custo unitário dos produtos e aumento do lucro como resultado da maior produção e do menor custo.

Prática agropecuária: Outras práticas agropecuárias Ano de Lançamento: 2012

Unidade Responsável: Embrapa Gado de Corte

Unidades Participantes: Embrapa Gado de Corte

Onde Encontrar:
Embrapa Gado de Corte
Av. Rádio Maia nº 830, Zona Rura
CEP 79106-550, Campo Grande, MS
Fone: +55 (67) 3368-2000 | Fax: +55 (67) 3368-2150

Palavras-chave: bovinos de corte