Mapeamento Digital de Solos

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

O mapeamento digital de solos (MDS) é um conjunto de técnicas para facilitar a coleta, armazenamento, análise, interpretação e confecção de mapas de solos. No MDS, utilizam-se dados e informações de solos existentes, aliados a novas tecnologias (imagens de sensores remotos, sistemas de informação geográfica, instrumentos para a coleta in situ e georreferenciada), os quais permitem, por meio de modelagem matemática, a elaboração de mapas de diversos atributos e de classes de solo, com acurácia conhecida.

Os atuais levantamentos sistemáticos de solos não possuem detalhamento na escala da propriedade agrícola, que muitas vezes precisam de dados quantitativos e de natureza contínua representativos da variabilidade espacial do solo. Mesmo em escalas menores, há grande lacuna de mapas de solos no Brasil.

Para solucionar tais problemas, em 2010 a Embrapa e a UFRRJ criaram a Rede Brasileira de Pesquisa em Mapeamento Digital de Solos – RedeMDS, que organiza os pesquisadores em MDS no País, promove o avanço do conhecimento e elabora projetos com ampla abrangência para o mapeamento dos solos brasileiros.

Quem ganha com isso

Neste primeiro momento, a comunidade científica. Posteriormente, organizações públicas e privadas e administradores públicos que tomam decisões, extensionistas rurais e produtores rurais cujas propriedades tiverem seus solos mapeados utilizando técnicas de MDS.

Abrangência geográfica

A RedeMDS tem membros de todo o Brasil e interage com instituições da América Latina e Caribe, e aquelas vinculadas ao Consórcio global GlobalSoilMap.net e à iniciativa global Global Soil Partnership.

Parceiros

Instituto Agronômico de Campinas, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Faculdade de Ciências e Tecnologia de Unaí, Universidade Estadual do Centro-Oeste, Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais, Universidade Federal de Lavras, Universidade Federal do Paraná, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Universidade Estadual Paulista, Universidade Estadual de Alagoas, Universidade Federal de Mato Grosso, Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina, Universidade Federal de Viçosa, Universidade de São Paulo, Universidade Federal do Piauí, Universidade Federal de São Carlos, Universidade de Brasília, Universidade Federal de Santa Maria, Universidade Federal Fluminense, além de interagir com as instituições internacionais vinculadas ao Consórcio GlobalSoilMap.net e à iniciativa Global Soil Partnership.

Esta solução tecnológica foi desenvolvida pela Embrapa em parceria com outras instituições.

Metodologia: Metodologia Ano de Lançamento: 2010

Bioma: Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga, Pampa, Pantanal

Onde Encontrar:
Embrapa Solos
R. Jardim Botânico, 1024 - Jardim Botânico
Rio de Janeiro / RJ
22460-000

Tel: (21) 2179-4500