Melão BRS Anton  

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: ALENCAR, Gislene

A cultivar de melão BRS Anton é um híbrido do grupo amarelo indicado para plantio nas condições ambientais da região do Vale do São Francisco, que concentra pequenos e médios produtores que escoam a produção para o mercado interno, mais especificamente para o Centro-Sul do país, e também para plantio nas demais regiões produtoras no Nordeste do Brasil, como o Rio Grande do Norte e o Ceará, que exportam parte significativa de sua produção para o mercado europeu. O melão BRS Anton pode também ser cultivado na região Centro-Oeste, em áreas de clima mais quente como o noroeste de Goiás e o estado do Mato Grosso.

O principal diferencial do melão BRS Anton é a qualidade de seus frutos, que apresentam maior resistência pós-colheita, em função da maior rugosidade e da espessura de casca, o que contribui para a redução na ocorrência de danos externos que alteram a qualidade sensorial da polpa. Por essa característica, os frutos de BRS Anton resistem bem à logística de distribuição da região produtora até as distantes regiões de consumo, inclusive para exportação.

As plantas apresentam crescimento vigoroso e boa cobertura foliar. O ciclo de produção, da semeadura à colheita, é de cerca de 75 dias. A casca apresenta uniformidade de cor, na tonalidade amarela média, e rugosidade. A polpa, de coloração branca, é grossa, uniforme, doce e firme. O teor de sólidos solúveis totais no ponto de colheita é em torno de 12 °Brix e a acidez em torno de 0,1%.

O espaçamento de plantio recomendado é de 2,0 m x 0,4 m, com uma população de 12,5 mil plantas por hectare. O ponto de colheita dos frutos é quando eles apresentam cor amarela média por toda a superfície, condição em que se tem combinação ideal de sabor, consistência de polpa e longa vida pós-colheita. Em testes realizados no Vale do São Francisco, a cultivar BRS Anton produziu 36 toneladas por hectare no primeiro corte, bem acima da média nacional que é de 25 toneladas por hectare. O melão BRS Anton é resistente às raças 1 e 2 de oídio, além de ser tolerante à cadeia do frio, podendo ser armazenado em temperaturas de 10° a 12°C.

A validação da cultivar foi realizada em conjunto com a iniciativa privada, por meio de contrato de parceria em Pesquisa e Desenvolvimento baseada na Lei de Inovação Tecnológica. A cultivar BRS Anton e seus parentais foram registrados e protegidos pelos órgãos competentes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Esta solução tecnológica foi desenvolvida pela Embrapa em parceria com outras instituições.

Produto: Cultivar Ano de Lançamento: 2019

Bioma: Caatinga

Unidade Responsável: Embrapa Hortaliças

Unidades Participantes: Embrapa Agroindústria Tropical, Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

Onde Encontrar:
Agrocinco – Comércio de Produtos Agropecuários
Rua Cesário de Paula Penteado, nº 381, Ed. Waldemar Silveira Bellini, Centro, Monte Mor/SP
CEP: 13.190-000
Pabx: (19) 3879-6307 - Telefone: (19) 3879-6787
E-mail: agrocinco@agrocinco.com.br
Site: http://agrocinco.com.br/home

Galeria de imagens