Controle químico de formigas cortadeiras em plantios de Pínus e Eucalipto

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

As formigas cortadeiras dos gêneros Atta (saúvas) e Acromyrmex (quenquéns) utilizam essencialmente substratos vegetais frescos para o cultivo do fungo do qual se alimentam. Na área florestal, as formigas cortadeiras são apontadas como as pragas mais importantes de plantios de Pinus e Eucalyptus, em razão dos prejuízos que causam e de sua ampla região de ocorrência. A importância das formigas cortadeiras levou as empresas florestais a formarem equipes exclusivas para o seu combate, o qual é realizado principalmente pelo uso de iscas formicidas granuladas. Os inseticidas mais utilizados são o fipronil e a sulfluramida. Estes compostos têm tempo de permanência no ambiente muito grande e podem poluir o solo e as fontes de água, além de ser tóxicos para espécies não alvo. Este ativo disponibiliza informações para reduzir a quantidade de isca granulada para o mínimo necessário, levando em conta fatores como: as espécies plantadas e as espécies de formigas cortadeiras que se encontram na área plantada; a época que foi realizado o plantio e o manejo adotado na área. O controle de formigas cortadeiras não pode ser realizado de maneira padronizada, pois cada local tem a sua particularidade. Baseado nestas informações, foram propostas recomendações para o controle de formigas cortadeiras em plantios de Eucalyptus e Pinus, levando em consideração os diferentes fatores.

Esta solução tecnológica foi desenvolvida pela Embrapa em parceria com outras instituições.

Prática agropecuária: Prática para manejo de pragas vegetais Ano de Lançamento: 2015

Bioma: Amazônia, Cerrado, Mata Atlântica, Caatinga, Pampa, Pantanal

Unidade Responsável: Embrapa Florestas

Onde Encontrar:
Publicação
Recomendações para o controle químico de formigas cortadeiras em plantios de Pinus e Eucalyptus - https://www.embrapa.br/busca-de-publicacoes/-/publicacao/1023168/recomendacoes-para-o-controle-quimico-de-formigas-cortadeiras-em-plantios-de-pinus-e-eucalyptus