Brachiaria humidicola - BRS Tupi

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

A BRS Tupi, cultivar de Brachiaria humidicola, mostrou-se resistente às cigarrinhas, por tolerância, revelando-se melhor planta hospedeira que a humidicola comum. No entanto, comparando-se ambas quanto ao nível de resistência por tolerância, a BRS Tupi foi mais resistente. Quanto à produtividade, apresenta florescimento mais precoce (primavera/verão), mas de produtividade de sementes semelhante à comum. Em comparação à humidícola comum, a BRS Tupi apresentou desempenho superior, sobretudo na seca, quando sustentou lotação mais alta e garantiu uma produção de 53 kg de peso vivo/ha, comparada a 20 kg da outra. A nova cultivar também possibilitou maior ganho de peso individual na estiagem em decorrência da melhor relação folha/caule e boa digestibilidade. Os resultados, contudo, variam de acordo com a região do país. É uma opção na diversificação de pastagens, diminuindo o risco eventual a pragas e doenças. Também é uma alternativa para a formação de pastagens por sementes nas áreas úmidas sujeitas a alagamentos temporários.

Esta solução tecnológica foi desenvolvida pela Embrapa em parceria com outras instituições.

Produto: Cultivar Ano de Lançamento: 2011

Onde Encontrar:
Facholi Produção Comércio e Indústria Importação e Exportação Ltda
Saída para Piquerobi S/N
CEP:19360000
Cidade: Santo Anastácio
UF: SP
Telefone: (18) 3263-9000
E-mail: rodrigo.lopes@facholi.com.br

Palavras-chave: capim, Cultivar, gramínea