Copo medidor para a determinação da perda e do desperdício de grãos na colheita mecanizada de soja.

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: HORIKAWA, Marisa Yuri

Apesar dos avanços obtidos pelas indústrias de máquinas agrícolas, a colheita mecanizada das lavouras de soja ainda apresenta desperdícios de grãos. De acordo com padrões internacionais, a tolerância de perdas é de até uma saca (60kg) por hectare, acima disso é considerado desperdício. A determinação da quantidade de grãos que não está sendo recolhida pela colheitadeira é feita, entre outros, pelo método do copo medidor volumétrico desenvolvido pela Embrapa Soja na década de 80. A metodologia foi adaptada às máquinas e às técnicas de cultivo atuais e é capaz de reduzir perdas e assim aumentar a eficiência da colheita.

Esta metodologia consiste em coletar os grãos após a passagem da colheitadeira, em uma armação retangular de dois metros quadrados, onde uma das medidas é a largura da plataforma de corte da colheitadeira e depositá-los num recipiente transparente (copo) que apresenta uma escala graduada que indica diretamente a perda e/ou o desperdício de grãos que está ocorrendo naquele momento. É um método rápido, prático e eficiente para quantificar e qualificar a soja colhida, não necessitando interromper a operação de colheita mecanizada.

Benefícios sociais e econômicos

No Brasil, há estimativas de perdas de duas ou mais sacas por hectare, em média, o que poderia ser facilmente evitado adotando-se práticas de aferição na colheita. A tecnologia é capaz de estimar a quantidade de grãos que a colheitadeira não recolhe, cai no solo e acaba sendo desperdiçada. Quando o produtor perde mais que uma saca por hectare está ocorrendo desperdício. Entre as medidas corretivas que devem ser adotadas, a Embrapa recomenda regulagens na máquina e mudanças de comportamento do operador da colhedora. Com a tecnologia, os produtores podem fazer ajustes em seu processo de colheita, aumentando a eficiência. A velocidade de deslocamento da colheitadeira, por exemplo, é um dos fatores que influencia diretamente nas perdas. A Embrapa recomenda um intervalo de velocidade entre 4 e 6,5 km por hora para que o sistema de corte da plataforma de alimentação trabalhe com máxima eficiência e contribua para minimizar as perdas de grãos.

Quem ganha com isso

Produtores de soja

Abrangência geográfica

Todos os estados produtores de soja de diversas regiões brasileiras.

Produto: Máquina, implemento, equipamento Ano de Lançamento: 2011

Onde Encontrar:
Embrapa Soja
Posto de Vendas de Publicações
Rodovia Carlos João Strass acesso Orlando Amaral, s/nº, Distrito de Warta
Caixa Postal 231 CEP 86001-970 Londrina, PR
Tel: (43) 3371-6119 Fax: (43) 3371-6100
http://www.embrapa.br/soja
http://www.embrapa.br/fale-conosco/sac/
E-mail: cnpso.vendas@embrapa.br

Galeria de imagens