Conteúdo relacionado

Notícias

Consumo mundial atinge 164,82 milhões de sacas, sendo 114,51 milhões por países importadores e 50,31 milhões por exportadores no ano cafeeiro 2018-2019 A produção mundial de café...

Data de publicação: 24/10/19

Estudos desenvolvidos pela Embrapa Rondônia durante 13 anos apontam a cultivar de café arábica Catucaí Amarelo 2SL como muito produtiva para a região amazônica. Desenvolvida pela...

Data de publicação: 11/06/19

Estudos realizados pelo Programa de Melhoramento do Café da Embrapa Rondônia confirmaram três grupos de compatibilidade na espécie Coffea canephora, ou seja, foram identificadas as...

Data de publicação: 06/03/19

Uma iniciativa pioneira da Embrapa em Rondônia pode contribuir para reduzir o tempo e os custos inerentes aos programas de melhoramento genético do café. A ação utiliza o...

Data de publicação: 26/02/19

Tecnologia, tradição e sustentabilidade trazem da floresta novos aromas e sabores “Os Robustas Amazônicos têm tudo para fazer parte da ‘terceira onda do café’ com seus aromas e...

Data de publicação: 08/10/18

Soluções tecnológicas

A BRS 3210 é uma das dez cultivares clonais híbridas de café – cruzamento de conilon e robusta – desenvolvidas pela Embrapa para a região Amazônica. A caracterização individualizada de cada um des

...

Produto: Cultivar convencional     Ano de Lançamento: 2019     Unidade Responsável: Embrapa Rondônia

Projetos

Na Amazônia Ocidental a principal espécie de café plantada é Coffea canephora (cv. Conilon predominantemente, e, Robusta), sendo restritas as áreas cultivadas com Coffea arabica. O objetivo deste projeto é a continuidade das ações do programa de melhoramento das espécies C. canephora (var. Conilon e Robusta) e C. arabica para a Amazônia, com foco no desenvolvimento de cultivares com a melhoria da produtividade, qualidade de grãos e bebida, menor bienuidade, tolerâ ...

Situação: concluído     Data de Início: 01/11/2010

Publicações

Repositório: BDPA     Ano de publicação: 2019