Fontes de potássio em sistemas de produção de cafés arábica irrigados no Cerrado

Informe múltiplos e-mails separados por vírgula.

imagem

Foto: Veiga, Adriano D.

Os nutrientes minerais podem interferir na qualidade final do café por meio do metabolismo da planta e do acúmulo de compostos químicos desejáveis. Além da qualidade, são observados efeitos dos nutrientes em produtividade de grãos e na incidência e severidade de doenças em diversas culturas agrícolas. Os compostos químicos do grão dependem dos fatores genéticos com influência do ambiente de cultivo, das condições de manejo e dos tratos culturais e processamentos pós-colheita. No manejo de plantas, a adubação e a nutrição podem ter efeitos na composição química e física do grão, principalmente pelos tipos de fontes e doses dos macronutrientes. O cloreto (Cl-), oriundo da fonte cloreto de potássio (KCl), pode afetar e apresentar efeitos negativos diretos e indiretos na qualidade da bebida. O objetivo deste projeto é verificar os efeitos das fontes de potássio em desempenho agronômico, qualidade física e química dos grãos, crescimento vegetativo, incidência e severidade de doenças e qualidade da bebida de cultivares, em sistemas de produção irrigada do Cerrado central. Busca-se, com isso, definir a fonte potássica que proporcione melhor desempenho agronômico e maior tolerância a estresses bióticos, aliados à obtenção de qualidade dos grãos e bebida superiores. Em área experimental da Embrapa Cerrados, foi instalado um ensaio com diferentes fontes do nutriente potássio, com a utilização de cultivares comerciais, alocadas em regime hídrico com uso de estresse controlado por 70 dias. As características avaliadas são: altura de plantas; diâmetro de caule; projeção da copa; número de ramos plagiotrópicos (ramos laterais e produtivos); produtividade em sacas de 60 kg de café beneficiado por hectare (sc/ha); porcentagem de frutos cerejas; incidência e severidade da ferrugem e da cercosporiose; percentual de retenção em peneiras; perfil químico com açúcares, proteínas, polifenóis e ácidos graxos; e análise sensorial. Por meio do ensaio, será verificado e confirmado o potencial da produção de cultivares de cafés arábica em condições irrigadas no cerrado, gerando informações sobre os melhores manejos, com o nutriente potássio no desempenho agronômico e qualidade.

Situação: em execução Data de Início: 10/2019 Data de Finalização: 10/2023

Unidade Lider: Embrapa Cerrados

Líder de projeto: Adriano Delly Veiga

Contato: adriano.veiga@embrapa.br

Galeria de imagens