Resultado da Eleição dos Membros para o Comitê de Auditoria (COAUD) da Embrapa

O Conselho de Administração da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, em consonância com as atribuições que lhe são conferidas, informa que foi pauta da sua 161ª Reunião Ordinária, de 29.08.2018, a eleição dos seguintes membros do Comitê de Auditoria (Externo) - COAUD da Embrapa, a partir de 01.09.2018:

  • Luciano Fernandes, mandato de 3 anos;

  • Gilson Alceu Bittencourt, mandato de 2 anos; e

  • João Paulo de Medeiros Lima, mandato de 1 ano.

Nessa oportunidade o Consad agradece a participação dos candidatos: Dorgival Veras de Carvalho, Gilberto Luzzi Diniz, Jailma Capistrano S. Macedo, Maria do Socorro de Oliveira Barbosa, Maria José Gonçalves Ramos, Murilo Dias de Freitas, Rafael Asfora de Medeiros, Ramon Coriolano Bispo e Reinaldo Alves Carneiro.

Brasília, DF, 29 de agosto de 2018.

Conselho de Administração (Consad) da Embrapa

 

Processo para Eleição de Membros para o Comitê de Auditoria (COAUD) da Embrapa

Estão abertas, até o dia 23 de agosto de 2018, as inscrições para candidatos a membro do Comitê de Auditoria da Embrapa, órgão estatutário de suporte ao Consad. O Comitê, previsto na Lei das Estatais, está sendo criado em conformidade com a seção VI do Estatuto da Embrapa.

Os interessados deverão encaminhar para o e-mail sge.cic@embrapa.br os seguintes documentos, indicando no texto o interesse de participar da eleição para Comitê de Auditoria:

a) currículo sumarizado indicando o seu conhecimento na área para a qual é candidato, em até 4 páginas, em letra padrão “Arial”, tamanho 12, e link para o Currículo Lattes, se for o caso;

b) formulário Cadastro de Membro do Comitê de Auditoria (Anexo II), devidamente preenchido; e

c) os documentos exigidos no item b do Formulário Cadastro de Membro do Comitê de Auditoria.

O Estatuto da Embrapa dispõe que cabe ao Consad eleger os integrantes do Comitê de Auditoria, que será composto por três membros, com mandatos de 3 (três) anos não coincidentes.

Os candidatos deverão residir, preferencialmente, no Distrito Federal.

Os interessados devem possuir formação acadêmica e experiência profissional para o cargo, observadas as seguintes condições de participação previstas no Estatuto:

I - não ser ou ter sido, nos 12 (doze) meses anteriores à nomeação para o Comitê:

Diretor Executivo ou membro do Conselho Fiscal da empresa ou de sua subsidiária, coligada ou sociedade em controle comum, direta ou indireta; e responsável técnico, Diretor Executivo, gerente, supervisor ou qualquer outro integrante com função de gerência de equipe envolvida nos trabalhos de auditoria na empresa.

II - não ser cônjuge ou parente consanguíneo ou afim, até o segundo grau ou por adoção, das pessoas referidas no inciso I;

III - não se enquadrar nas vedações dos incisos I, IV, IX, X e XI do caput do art. 29 do Decreto nº 8.945, de 2016;

IV - ter experiência profissional e formação acadêmica, de que tratam os §§ 5º e 6º do art. 29 do Decreto nº 8.9 45/2016;

V - dentre as ações em defesa dos interesses da Embrapa, destaca-se o seguinte:

  • o disposto na alínea ‘a’ do inciso I não se aplica a empregado de empresa não vinculada ao mesmo conglomerado estatal, vedada participação recíproca; e
  • o disposto no inciso IV, § 4º do art. 39 do Decreto 8.945/2016 se aplica a servidor de autarquia ou fundação que tenha atuação nos negócios da empresa estatal.

O candidato que deixar de encaminhar os arquivos exigidos ou deixar de preencher devidamente o Cadastro de Membro do Comitê de Auditoria, bem como não indicar o cargo na correspondência eletrônica, terá o seu pedido de inscrição anulado.