Início       Biblioteca Multimídia      Pesquise!       Ações Educativas      Conheça a Embrapa    Fale conosco

Pesca e Aquicultura

Rudah em barco tentando pescar, no rio cheio de peixes. Arthur está embaixo d´´agua, mergulhando e olhando a paisagem do fundo do rio.

Voltar

O que é aquicultura?

Provavelmente você já ouviu falar dos benefícios de se comer peixe: um alimento com alto teor de proteína, de vitamina e outros nutrientes importantes para nossa saúde. Mas você sabe de onde vem o peixe que se compra no supermercado ou na feirinha, perto de sua casa?

Em vez de serem pescados em rios ou no mar, os peixes podem também ser criados. Você sabia disso? Chama-se aquicultura a ciência que estuda técnicas de cultivo não só de peixes, mas também de crustáceos (como o camarão e a lagosta), de moluscos (como o polvo e a lula), de algas e de outros organismos que vivem em ambientes aquáticos. Até rãs, tartarugas e jacarés podem ser criados para alimentação humana. VoViveiros escavados foto de Jefferson CHRISTOFOLETTI cê já provou a carne de algum desses animais?

Foto: Jefferson Christofoletti

Há na produção de peixes dois métodos muito utilizados. Um deles é o dos tanques-redes, que são criadouros parecidos com gaiolas, mantidos na água de rio, de lago ou do mar. E, o outro método, é o do tanque escavado que, como o próprio nome diz, trata-se de um reservatório artificial, de água, escavado no solo.

 

 

Das antigas

 

Ao contrário do que possa parecer, a aquicultura não é nenhuma novidade. Isso porque ela já era praticada por povos antigos no passado. Há, por exemplo, relatos de que os chineses tinham conhecimento das técnicas de criação de peixes muitos séculos atrás, e de que os egípcios já cultivavam tilápias (espécie de peixe) há cerca de uns quatro mil anos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

      Hoje a aquicultura é vista como alternativa bastante viável à pesca, por causa da redução da quantidade de peixes nos mares. Além disso, a criação de peixes em tanques-rede, ou em tanques escavados, pode ajudar a garantir um alimento mais barato e de qualidade, contribuindo, assim, para acabar com a fome que ainda existe em muitas partes do mundo.

 

Novas palavras

 

O legal de se estudar aquicultura é também o fato de podermos aprender novas palavras relacionados ao assunto. Você já sabe, por exemplo, que aquicultura quer dizer a criação de organismos que vivem em ambientes aquáticos. Porém, há termos específicos para nomear a criação das diferentes espécies. Veja, a seguir, alguns desses termos:

  1. Piscicultura - criação de peixes;
  2. Ranicultura - criação de rãs;
  3. Quelonicultura - criação de quelônios (como tartarugas);
  4. Algicultura - criação de algas. 

Mas a lista não para por aí... Você não quer nos ajudar a aumentá-la?

Fonte: Embrapa Pesca e Aquicultura