Pular para o conteúdo

Início      Conheça a Embrapa      Biblioteca Multimídia      Pesquise!       Ações Educativas      Fale conosco

Olá amiguinho, esta é a região Sudeste do Brasil!

Amai fala

Região Sudeste

Mapa da Região Sudeste: Espírito Santo (capital: Vitória), Minas Gerais (capital: Belo Horizonte), Rio de Janeiro (capital: Rio de Janeiro) e São Paulo (capital: São Paulo)

Composta por quatro estados – Espírito Santo (ES), Minas Gerais (MG), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP) –, a região Sudeste é a mais populosa e a que tem maior concentração populacional do território brasileiro. É também a região mais rica do país e a que possui a única megalópole do Brasil, São Paulo.

O relevo da região Sudeste é bem variado: por um lado, encontramos superfícies elevadas, como as serras da Mantiqueira, da Canastra e do Mar; e por outro, planícies costeiras, largas, que formam amplas baixadas litorâneas.

No que se refere ao clima, a região apresenta vários tipos. O clima tropical predomina no litoral, com temperaturas altas e duas estações bem marcadas: o verão, chuvoso, e o inverno, seco. E nos planaltos, o clima tropical de altitude, com grandes variações de temperatura.

A vegetação da região Sudeste varia de acordo com o clima, mas a maior parte da vegetação dessa região é formada pela Mata Atlântica, que se encontra bastante devastada por causa da urbanização e da expansão agrícola. No Estado de Minas Gerais, predomina a vegetação de cerrado e de caatinga.

O Sudeste possui vários rios importantes, como o rio Tietê, rio Paraíba do Sul, rio Paraná, rio Doce, além da nascente do rio São Francisco, na serra da Canastra, em Minas Gerais. Estes rios são muito aproveitados para a produção de energia elétrica.

A população da região Sudeste é predominantemente urbana, ou seja, mora em cidades, e se caracteriza por uma grande diversidade étnica e cultural.

Os primeiros habitantes da região foram os índios, e depois ocorreu a ocupação portuguesa, no século XVI. Posteriormente, os negros foram trazidos para realizarem o trabalho escravo. Porém, foi no fim do século XIX que se expandiu essa diversidade populacional, quando o Sudeste recebeu imigrantes de vários lugares do mundo, para trabalharem nas lavouras de café: vieram italianos, alemães, japoneses e libaneses. E, posteriormente, espanhóis, poloneses, holandeses, franceses, entre outros. Além dos estrangeiros, a região também atraiu milhares de brasileiros, principalmente da região Nordeste.

A Embrapa possui 11 Unidades na região Sudeste: três no estado do Rio de Janeiro (Embrapa Agrobiologia, Embrapa Agroindústria de Alimentos e Embrapa Solos), duas em Minas Gerais (Embrapa Gado de Leite e Embrapa Milho e Sorgo) e seis no estado de São Paulo (Embrapa Informática Agropecuária, Embrapa Instrumentação, Embrapa Meio Ambiente, Embrapa Monitoramento por Satélite, Embrapa Pecuária Sudeste e Embrapa Gestão Territorial).

Unidades da Embrapa na Região Sudeste