22ª Conferência das partes sobre mudança do clima

A contribuição da pesquisa agropecuária brasileira

Pesquisadores da Embrapa participam, até o próximo dia 18, do esforço brasileiro para avançar nas discussões sobre o Acordo de Paris durante a reunião das Partes (COP) da Convenção de Mudanças Climáticas da ONU que está ocorrendo em Marrakech, no Marrocos. Tecnologias decorrentes de pesquisas da Embrapa e de parceiros promovem ganhos para os sistemas produtivos em termos de resiliência às intempéries do clima e ainda reduzem a intensidade de emissões de gases do setor agrícola. Conheça abaixo algumas das soluções da pesquisa agropecuária brasileira no contexto das mudanças climáticas e acompanhe as últimas notícias da delegação do Brasil na COP 22.

Notícias

Ministro pedirá, em Marrakech, compensação à agricultura por cuidados ambientais

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) adotará uma posição firme na COP 22, a Conferência da ONU sobre o clima que se realiza até a próxima sexta-feira (18)...

Semeadura em contorno pode reduzir em 50% perdas de água e solo por erosão

Embrapa Trigo orienta para a semeadura em contorno na Região Sul.

Adoção de ILPF chega a 11,5 milhões de hectares

Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Santa Catarina são os estados que mais aderiram ao sistema de integração lavoura-pecuária-floresta

Pesquisa mostra avanço na agropecuária sustentável brasileira

Investimentos em produção integrada aumentam eficiência e reduzem efeitos negativos da mudança do clima

Programa fará mapeamento completo dos solos brasileiros

Inédito no País, Pronasolos promoverá detalhamento que trará ganhos científicos, econômicos e ambientais