Transferência de Tecnologia

Na área de transferência de tecnologias, as ações são desenvolvidas de modo a aproximar a pesquisa dos produtores, capacitar extensionistas de órgãos governamentais e não governamentais em tecnologias desenvolvidas pela Empresa, inclusive em temas trabalhados por outros centros de pesquisa e que sejam demandados no estado. Entre as metodologias e estratégias utilizadas para permitir o acesso dos diferentes atores às inovações tecnológicas estão os Dias de Campo: visitas técnicas em unidades de observação e promoção de eventos como seminários e reuniões técnicas.
 
A Unidade possui também um Centro de Atendimento ao Cidadão (CAC), com infraestrutura e corpo técnico especializado para atender o público com informações sobre tecnologias, produtos e serviços desenvolvidos pela Embrapa. O CAC conta com serviço de recepção, triagem do público demandante de informações, núcleo de treinamento para produtores e técnicos extensionistas, sala de memória da Unidade e vitrine tecnológica.
 
Em 2010, a Embrapa Acre adquiriu o Núcleo Móvel para Transferência de Tecnologias Agroindustriais (Nutec Móvel), uma carreta com 13 metros de comprimento equipada com três ambientes (sala de treinamento, laboratório para classificação físico-química de mandioca e laboratório para análise de frutos). Essa iniciativa tem por objetivo fortalecer a cadeia produtiva da mandioca e da agroindústria de frutas no Acre. O Nutec Móvel percorre os municípios do estado capacitando produtores rurais, técnicos da extensão rural ligados às cadeias produtivas da mandioca e de frutas e microempresários do setor de polpa de frutas.