Web Content Display

Web Content Display

Sobre esses 80 anos...

 

     Produzir alimentos de qualidade é uma prática comum no campo nos dias atuais, mas nem sempre foi assim. Há 80 anos, a maioria dos produtos eram trazidos de fora. A fome rodeava muitos lares, em razão da baixa produtividade, escassez e preços altos dos produtos.

Hoje o panorama é outro. Temos alimentos saudáveis, nutritivos e de boa qualidade na mesa do consumidor. Não é um trabalho muito fácil, mas nós da Embrapa nos esforçamos para cumprir essa missão. Já fizemos muito, mas temos muito ainda a fazer e contamos com você nesse desafio.

     Na Amazônia, a pesquisa agropecuária começou bem antes da criação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa. Em maio de 1939, era fundado em Belém o Instituto Agronômico do Norte – IAN. Foi a maior obra do governo Getúlio Vargas na Amazônia e um marco na busca do desenvolvimento da região, a partir da superação do extrativismo.

     Em 1962, o IAN veio a se chamar Instituto de Pesquisas e Experimentação Agropecuárias do Norte – IPEAN, o qual foi transformado em uma das unidades da Embrapa, em 1975, inicialmente sob o título de Centro de Pesquisa Agropecuária do Trópico Úmido (CPATU). Em 1991, passou a se chamar Centro de Pesquisa Agroflorestal da Amazônia Oriental. E atualmente possui como nome-síntese Embrapa Amazônia Oriental.

    Até aqui conquistamos espaços, ganhamos parceiros e abraçamos novos desafios, como alimentar novas gerações com produtos inovadores e dentro dos padrões de sustentabilidade.

Embrapa Youtube Destaques


15/05/2019     
Pesquisa Agropecuária na Amazônia - 80 anos de história
Duration: 2:21"   ¦   131 Views


Web Content Display

Palestras

 

Apresentação Silvia Massruhá

Apresentação Cleber Soares

Apresentação Marcelo Brito

Apresentação Judson Valentim

Apresentação Rodolpho Bastos