Laboratório de Sementes Florestais 

 

A utilização racional e conservação da floresta tropical úmida na Amazônia brasileira ensejou em 1993 um acordo de cooperação Ambiental Brasil-Reino Unido, através do DIFD - Departamento for International Development, para desenvolver pesquisas visando o uso sustentável da floresta. No âmbito dessa cooperação foi planejado o Laboratório de Sementes Florestais, da Embrapa Amazônia Oriental, com objetivo de realizar pesquisas para determinação da qualidade dos lotes de sementes de espécies florestais, dentre elas: extração, beneficiamento, caracterização biométrica frutos e sementes, conservação do poder germinativo, comportamento fisiológico durante o armazenamento, testes de germinação, teste de viabilidades e superação de dormência para o desenvolvimento de protocolos de análises.

   São realizadas também pesquisas sobre os aspectos ecológicos que envolvem o processo de formação das sementes florestais tais como a fenologia reprodutiva, além de promover a conservação das florestas realizando inventário florestal com implantação de Área para a Coleta de Sementes (ACS) com matrizes selecionadas, permitindo assim o uso dos recursos naturais, mantendo a floresta em pé.

O laboratório conta também com um viveiro florestal para a realização de  pesquisas referentes a produção de mudas visando apoiar os projetos de manejo, conservação e recuperação de áreas degradadas.           

 

EQUIPE

Elizabeth Santos Cordeiro Shimizu (analista) - Responsável

Noemi Vianna Martins Leão (pesquisadora)

Alethea Lisboa (técnica)

Benedito Silva de Souza (Assistente)

Joel Pantoja de Souza (Assistente)

Jonathas Silva dos Santos (técnico)

Jorge de Almeida (Técnico)

Valdemir Rodrigues de Lira (assistente)

 

CONTATO

(91) 3204-1080

cpatu.lab.sementesflorestais@embrapa.br