Agroecologia

Desenvolver sistemas agroecológicos de produção, incluindo arroz e feijão-comum, como alternativa para o fortalecimento da agricultura familiar

Coordenadores:
Flávia Aparecida de Alcântara
Glays Rodrigues Matos

A pluralidade acerca das formas de relacionamento que o ser humano estabelece entre si e com a natureza traz diferentes modos de pensar a produção, a circulação e o consumo de bens e serviços do meio rural.

Nesse sentido, a agroecologia surge como a ciência que subsidia todas as formas alternativas de agricultura, como a orgânica, a biodinâmica, a natural, entre outras, e sua abordagem construtivista aponta um modo de inovação que considera as relações entre os vários componentes de um agroecossistema, bem como deste com as pessoas que dele dependem.

A partir dessa abordagem, as ações, que possuem caráter coletivo e participativo, primam pela autonomia do conhecimento e da cultura dos beneficiários, bem como buscam valorizar as vocações e os produtos locais.

Uma das vertentes de atuação do centro de pesquisa é o desenvolvimento de sistemas agroecológicos de produção, buscando sua maior adoção e gerando sustentabilidade ambiental e socioeconômica, com ênfase na agricultura familiar.

A atuação nesse tema envolve a recuperação de áreas degradadas, o cultivo consorciado de espécies frutíferas nativas com lavouras anuais, o uso de fertilizantes alternativos, o desenvolvimento de extratos vegetais e de produtos biológicos para o controle de pragas e doenças, o enriquecimento do solo pelo aumento da matéria orgânica, o desenvolvimento de variedades de feijão mais adaptadas e a formação de agentes multiplicadores.