Servogotejador controlado por sensores pneumáticos do estado da água no solo e na planta

Enter multiple e-mails separated by comma.

*Content only available in Portuguese

A automatização da irrigação, controlada por sensores e que não dependa de outra fonte de energia, além da dissipação da pressão da água, em tese pode ser realizada por diferentes tipos de dispositivos. Apesar de haver algumas opções disponíveis na literatura, a demanda por novos dispositivos automáticos de irrigação com essas características continua não atendida, visto que ainda não há sistemas práticos, pequenos e de baixo custo controlados por sensores do estado da água no solo ou na planta, para uso nos empreendimentos agrícolas. Nos últimos 15 anos foram desenvolvidos na Embrapa alguns sensores pneumáticos do estado da água no solo e na planta que são ideais para o desenvolvimento de novos emissores automáticos de irrigação adequados à aplicação do conceito de agricultura de precisão. Fundamentado nesses desenvolvimentos propõem-se neste projeto a elaboração de emissores automáticos de baixo custo, que sejam servogotejadores ligados a sensores pneumáticos do estado da água no solo ou da planta, que controlam a passagem de água. A avaliação do sistema será realizada para cultivo protegido e para campo com o intuito de proporcionar automatização em agricultura de precisão.