Mais lidas

Artigo: Bioeconomia – O Engaço da Bananeira

Variedades de banana enviadas pela Embrapa chegam à Costa Rica

Web Content Display

Em uma série de videopalestras, a Embrapa Mandioca e Fruticultura abordou a bioeconomia circular com base em subprodutos – ou coprodutos – de diversas fruteiras, sobretudo do abacaxizeiro, aceroleira, bananeira, citros, mamoeiro e maracujazeiro. A bioeconomia consiste na produção e conversão de recursos biológicos renováveis, de forma sustentável, em alimentos e bioprodutos.

O potencial imenso de geração de emprego e renda com a transformação desses recursos biológicos – muitas vezes denominados "resíduos" – oferecido pela agricultura brasileira vem atraindo incentivos e ações direcionados a pesquisas e negócios nessa área. De alimentos a cosméticos, de fibras e têxteis a fármacos, de combustíveis ao turismo rural, o que vivenciamos é uma participação crescente da bioeconomia em empreendimentos que vem ao encontro da demanda de consumidores cada vez mais exigentes por produtos e produção sustentáveis.

Não é de se espantar que, dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a bioeconomia de base agrícola colabora no atingimento de oito metas: ODS 2 (meta 2.4), ODS 3 (meta 3.9), ODS 6 (meta 6.a), ODS 7 (meta 7.2), ODS 8 (meta 8.4), ODS 9 (meta 9.4), ODS 12 (metas 12.5 e 12.8).

Um exemplo de potencial bioeconômico que ora abordamos é o engaço da bananeira (pedúnculo que sustenta a penca de bananas). O Brasil é, atualmente, o 4º maior país produtor de banana, com mais de 6,6 milhões de toneladas colhidas em 455 mil hectares. Com esses números grandiosos pode-se ter ideia de quanta biomassa residual a cultura da banana oferece ao nosso país, bem como eventuais impactos negativos ao meio ambiente quando esse mesmo material é descartado inadequadamente.

A quantidade de engaço (milhares de kg, abundante) desperdiçado em diversos bananais por todo o território nacional vai além de ser um problema ambiental: é recurso valioso desperdiçado e, junto com ele, novas soluções para determinados problemas ou alternativas renováveis e sustentáveis a produtos já existentes.

Mas, afinal, o que pode ser obtido do engaço da bananeira? De acordo com alguns usos tradicionais e resultados de pesquisa, tem-se por exemplo: torta doce de engaço; filtro de engaço de bananeira para tratamento primário de águas residuais da produção de suínos; polpa celulósica, celulose; fonte de geração de energia; componente nutricional de ração animal (bovinos) e componente de ração para controle de parasito de tambaqui.

Estudos vem sendo continuados para ratificar esses usos e a viabilidade da produção em larga escala. Os próximos desafios são ampliar os investimentos em PD&I em novos usos tanto do engaço como de outros ‘resíduos’ da bananeira, bem como na elaboração de estratégias de mercado para que essas soluções atendam à demanda e sejam adotadas no mercado consumidor.

Para mais informações:

https://www.youtube.com/watch?v=mHdra80ZEYM

https://www.youtube.com/watch?v=VykEbtuXnsU

https://www.embrapa.br/tema-bioeconomia

https://www.embrapa.br/busca-de-noticias/-/noticia/32848189/residuos-de-bananeira-sao-eficazes-no-controle-de-parasitos-do-tambaqui

https://www.ufrgs.br/alimentus1/feira/mpfruta/banana/t%20produ.htm

https://periodicos.ufersa.edu.br/index.php/caatinga/article/view/9461

https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11149/tde-13122001-114259/pt-br.php

https://repositorio.ufmg.br/bitstream/1843/BUBD-9UNHAF/1/disserta__o_carolina.pdf

http://www.celso-foelkel.com.br/artigos/outros/30_engaco%20%20bananeira%20producao%20polpa.pdf

https://revista.fatectq.edu.br/index.php/interfacetecnologica/article/view/89

http://www.agrarias.ufpr.br/portal/zootecnia/wp-content/uploads/sites/13/2016/10/44.pdf

 

Áurea Fabiana Apolinário de Albuquerque Gerum
(Dr. sc. agr.), Pesquisadora
Núcleo de Ações Estratégicas
Embrapa Mandioca e Fruticultura

Embrapa Mandioca e Fruticultura

Phone number: -

Further information on the topic
Citizen Attention Service (SAC)
www.embrapa.br/contact-us/sac/

Web Content Display

CenterFrut

Fruto do projeto “Estabelecimento de uma rede de pesquisa, transferência de tecnologia e inovação para a fruticultura do estado da Bahia, com base na articulação, gestão e comunicação”, financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia – Fapesb, o CenterFrut é um centro virtual de inteligência estratégica voltado à divulgação de informações de interesse dos atores da cadeia produtiva, aumentando a visibilidade nacional e internacional da fruticultura baiana.

Participam da rede de pesquisa as seguintes instituições: Embrapa Mandioca e Fruticultura, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Fundação Universidade Federal do Vale do São Francisco, Universidade Federal da Bahia (Ufba), Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

Web Content Display

Web Content Display

Web Content Display