Imagens

Sobre

Os representantes da Ordem Phasmatodea (bicho-pau) são fáceis de reconhecer por assemelharem-se a galhos, podendo, no entanto, serem confundidos, por leigos, com manés-magros que pertencem a Ordem Orthoptera, família Proscopiidae. Insetos hemimetábolos, são aproximadamente 3 mil espécies conhecidas no mundo e 220 no Brasil. As fêmeas são ápteras (sem asas), chegam a atingir 25 cm nas espécies sul-americanas e podem viver até três anos. Os machos costumam ser bem menores, alados e vivem cerca de um ano. Em certas espécies em que os machos são raros, pode ocorrer reprodução por partenogênese (reprodução sem fertilização por espermatozóide) facultativa (ZOMPRO, 2012). Na criação em cativeiro no laboratório da Coleção entomológica (LCE) da Embrapa Cerrados, em que somente fêmeas foram aprisionadas, também ocorreu partenogênese e, nesse caso, somente fêmeas foram geradas (CAMARGO et al. 2015).

 

Bibliografia citada


CAMARGO, A. J. A. de; OLIVEIRA, C. M.; FRIZZAS, M. R., SONODA, K. C., CORREA, D. C. V. COLEÇÕES ENTOMOLÓGICAS: Legislação Brasileira, coleta, Curadoria e Taxonomia para as principais Ordens. Planaltina: Embrapa Cerrados, (E-Book). 2015. 117p.

ZOMPRO, O. Phasmatodea Jacobson & Bianchi, 1902. In: RAFAEL, J. A.; MELO, G. A. R.; CARVALHO, C. J. B. de; CASARI, S. A.; CONSTANTINO, R. (Ed.). Insetos do Brasil: diversidade e taxonomia. Ribeirão Preto: Holos Editora, 2012. p. 289-295.