Início       Biblioteca Multimídia      Pesquise!       Ações Educativas      Conheça a Embrapa    Fale conosco

Pragas e doenças agrícolas

Cenário Pragas e Doenças Agrícolas
Back

Teníase e cisticercose. Já ouviu falar nelas?

Teníase e cisticercose são nomes complicados de duas doenças simples de evitarmos.

O nome teníase vem de tênia: um verme achatado que só vive no intestino das pessoas e pode chegar a até 4  metros de comprimento na fase adulta. Já pensou ter um bicho desses dentro de sua barriga?

Por viver sozinha no intestino, a tênia é chamada também de “solitária”.

Imagem de uma tenia

Como adquirimos tênia?

Primeiramente, nada de pânico! As pessoas se contamimam e adquirem a solitária somente quando comem carnes de boi ou de porco com larvas desse parasito, as quais estejam mal cozidas, mal assadas, mal fritas ou cruas.

Podem ainda contrair esse verme ao comer outros alimentos crus (salames) feitos com a carne, bovina ou suína, que contenha as larvas dessa tênia. Larvas essas chamadas também de cisticercos, de onde vem o nome da outra doença sobre a qual falamos aqui a cisticercose.

Uma vaca e um porco

O que acontece quando comemos cisticercos?

Uma vez dentro do corpo humano, os cisticercos vão se desenvolver e se transformar em tênias adultas da seguinte forma.

Ao chegarem no aparelho digestivo, as larvas se prendem na parede do intestino por uma coroa de ganchos (ou ventosas) e ali poderão viver por muitos anos.

Quando atingir o estágio adulto, o verme terá o corpo formado por pequenos anéis. Cada anel desses pode conter de 30 mil a 100 mil ovos de tênia; que podem ser eliminados com o cocô.

Assim, o indivíduo portador da tênia adulta acaba se tornando também um disseminador da cisticercose.

Quais os sintomas da teníase?

Esse é um problema porque, por vezes, a pessoa com tenísase não apresenta os sintomas do doença. Nos casos em que apresenta esses sintomas, ela pode ter dores de barriga, vômito, gases e mal-estar gástrico.

Mas, atenção! Esses mesmos sintomas podem significar também outras coisas. O melhor é sempre procurar um médico!

Como evitar a teníase?

Comendo alimentos feitos com carnes apenas se eles estiverem bem fritos, bem cozidos ou bem assados.

Para sua segurança, só coma carnes ou produtos que tenham sido liberados pela inspeção sanitária. Procure os selos da inspeção nos produtos quando for fazer sua compra.

Se for comprar, construir ou reformar sua casa, peça aos seus pais, ou responsáveis, que façam banheiros com fossa séptica, filtro e sumidouro. O mesmo vale se sua família tiver um comércio (restaurante, pesque e pague, etc.).

Menino defecando na moita

Como a pessoa com teníase  deve se tratar?

Ela deve procurar um médico, ou o posto de saúde, e tomar os remédios receitados.

 

O que é cisticercose ou "pipoca"?

É a doença causada pelo crescimento das larvas da tênia (cisticercos) no corpo de humanos ou de animais.

Quem pode ter essa doença?

Além dos humanos, os bovinos, os suínos e outros mamíferos (cães, gatos, ovinos, etc.) podem contrair a teníase ou a cirticercose.

Como se pega a cisticercose?

  • Através de alimentos ou água contaminados com cocô de humanos portadores da tênia.
  • Pela liberação de ovos de tênia liberados do cocô (de humanos ou de animais com tenísase) feito ao ar livre, os quais são levados pelo vento e vão contaminar  águas de rios e fontes, canteiros de verduras, pastos, etc.
  • Comendo côco contaminado, que é o caso de alguns animais;
  • Ingerindo água ou alimentos contaminados com cocô de portadores da tênia.

Homem e animais comendo alimentos contaminados

O que acontece depois da ingestão dos ovos da tênia?

Quando os ovos da tênia chegam ao estômago (dos animais ou dos humanos) eles liberam lá os embriões.

Esses embriões penetram nas veias do corpo e ficam circulando no sangue por alguns dias.

Depois, estacionam em qualquer tecido ou órgão, principalmente naqueles mais irrigados por sangue (músculos, coração, olhos, cérebro); onde formam um cisto (bolsa onde se desenvolve a larva) que vai aumentando de tamanho até formar o cisticerco (ou pipoca).

Quais são os sintomas da cisticercose nos seres humanos?

Quando o cisticerco se aloja no cérebro humano, causa a chamada neurocisticercose. Dai a pessoa infectada sentir contínuas dores de cabeça e apresentar sintomas de loucura, e até vir a morrer.

Quando cisticercose se acomoda na musculatura, ou na coluna humana, o doente apresenta dores e dificuldade para andar.

Quando se localiza nos olhos, a cirtecercose pode até mesmo cegar a pessoa contaminada.

Como evitar a cisticercose?

  • Sempre use privada com fossa.
  • Não faça cocô ao ar livre. Se precisar fazer, enterre seu cocô.
  • Lave as mãos sempre, principalçmente antes das refeições, antes de mexer com alimentos e depois de ir ao banheiro.

Menina lavando as mãos

  • Não use cocô humano para adubar a horta.
  • Nunca use água (de rio, por exemplo) contaminada com cocô humano, ou água de esgoto, para irrigar hortas, pois nada foi aplicado nela para matar possíveis ovos de tênia.

Homem aguando a horta

  • Lave bem as frutas e verduras antes de comê-las.
  • Use somente água de fontes limpas, ou então água fervida, filtrada ou tratada, para lavar alimentos e utensílios.

Homem lavando as frutas e bebendo água filtrada

Como tratar a pessoa com cisticercose?

A pessoa que apresentar qualquer sintoma da cisticercose, ou mesmo que supeitar ter a cisticercose, deve procurar o médico para se diagnosticar e se tratar a tempo, antes que os cistos aumentem de tamanho.

 

Fonte: Embrapa Suínos e Aves