ARAquáGeo

O projeto ARAquáGeo, liderado pela Embrapa Gestão Territorial, é uma evolução do software ARAquá. Seu objetivo é auxiliar as avaliações de riscos ambientais de agrotóxicos, em cenário de uso agrícola, considerando as possíveis contaminações de corpos d'água superficiais e subterrâneos, comparando os Quocientes de Risco (QR) com Níveis de Preocupação (Level of Concern - LOC) recomendados. É uma ferramenta em desenvolvimento, que será utilizada pela Embrapa Gestão Territorial, para a prestação de seus serviços relacionados à gestão territorial da contaminação dos recursos hídricos. Por meio dela será possível estimar as Concentrações de Agrotóxicos (CAE) e os Quocientes de Risco (QR), em corpos d'água superficiais e subterrâneos. É a única aplicação, com modelo matemático, desenvolvida especificamente para as condições brasileiras e que considera a distribuição espacial.

 

SAE - Serviço de Análise Espacial

O projeto, que reúne uma série de metodologias desenvolvidas para o Serviço de Análise Espacial (SAE). Surgiu com o objetivo de compreender a dinâmica agropecuária, visando uma produção agrícola, pecuária e florestal mais sustentável, no tempo, para todo o território nacional. Ele se propõe a conhecer o perfil da dinâmica espaço-temporal de produtos agropecuários e saber, também, qual é a tendência da evolução territorial, pois indica em que direção tais produtos estão se movimentando. Como serviço, o SAE pode ser aplicado a diversas cadeias produtivas, em diferentes contextos do agronegócio e em diversas escalas, proporcionando uma gestão territorial eficaz da agropecuária.