Seção | Hortaliça combina com feijão


Foto: Micheile Henderson por Unsplash

 

Entre o final dos anos 70 e o início dos anos 80, uma música de muito sucesso no Brasil dizia “Dez entre dez brasileiros preferem feijão / esse sabor bem Brasil / verdadeiro fator de união da família”. De lá para cá, o feijão não deixou de ser sinônimo de culinária brasileira, mas seu consumo é decrescente nas últimas décadas.

Essa não é uma boa notícia quando se pensa no valor nutricional do feijão nem no seu valor culinário. Como os demais legumes secos, o feijão é rico em proteína e fibras, além de fornecer vitaminas e sais minerais essenciais para a manutenção da saúde. Segundo a Pesquisa de Orçamento Familiar, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 2017-2018(¹), os indivíduos que relataram consumir feijão regularmente apresentaram média de ingestão de fibras 20% acima da média populacional. Já aqueles indivíduos que relataram consumir pizza e sanduíches, leite e derivados, bebidas com adição de açúcar e biscoito salgado apresentaram médias de ingestão de fibras inferiores à média da população.

Com uma riqueza de variedades, que incluem o feijão carioca, rajado, jalo, preto, vermelho, fradinho, branco e azuki, além de outras variedades regionais, esse é um grão que pode ser usado em diversos tipos de prato. O Brasil tem feijão para todos os gostos.

A combinação feijão com arroz é a combinação mais celebrada e apreciada no Brasil. Em primeiro lugar, pelo sabor, já que para os amantes da culinária tradicional brasileira essa dupla combina com qualquer acompanhamento e com qualquer tipo de carne. Mas ela também é celebrada pelo valor nutricional pois esses alimentos são complementares em relação a composição dos aminoácidos essenciais que formam as proteínas.

A combinação de feijão com carne está presente em dois pratos tradicionais, a feijoada e o feijão tropeiro. Nesse caso, combinam se dois alimentos ricos em proteínas e que dão sustança na alimentação e que geralmente são servidos em dias especiais, visto exigirem maior tempo de preparo.

Mas não para aí a parceria do feijão com outros alimentos. Nessa cartilha você vai conhecer como combinar o feijão com as hortaliças em um mesmo prato, em receitas fáceis e rápidas para o dia a dia. Essa combinação, traz novidade e sabor para um alimento já conhecido de todos os brasileiros. É a sustança do feijão combinada com o frescor das hortaliças.

Experimente o feijão azuki combinado com maxixe, o feijão preto na salada e o feijão jalo refogado com couve. A partir dessas ideias, crie novas combinações com os feijões e hortaliças de sua preferência.

Experimente também:

- Chilli com carne
- Ensopado de maxixe
- Refogado de almeirão com feijão


Fonte:
(¹) PESQUISA de orçamentos familiares 2017-2018 : análise do consumo alimentar pessoal no Brasil. Rio de Janeiro : IBGE, 2020. 120 p.
Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101742.pdf Acesso: 05 jan. 2021.
 

Apoio

Processo nº 00193-00001681/2019-95

Publicado: jun.2021.