Web Content Display

 

Da mostarda, podem se consumir as folhas e as sementes, essas transformadas em pasta de mostarda. Existem várias espécies de mostarda, todas da família das Brássicas, portanto próximas ao repolho, à couve-flor, à couve comum e ao nabo. As folhas de mostarda apresentam sabor bem mais pronunciado quando comparadas às folhas de couve e espinafre. O sabor picante é característico dessa hortaliça. É fonte de vitaminas C e A, de cálcio e possui teores moderados de ferro, sódio, potássio e magnésio.

As folhas são vendidas em maços e podem ser crespas, onduladas ou lisas com as margens serrilhadas. Apresentam cor verde claro, puxando para verde cana. O tamanho das folhas é variável e pode atingir até 30 cm de comprimento. Escolha folhas com aspecto de produto fresco e crocante. Folhas amareladas, com pontos escuros ou com ferimentos não são adequadas para consumo.

As folhas são sensíveis ao manuseio, portanto escolha-as com cuidado para não danificá-las ao colocá-las no carrinho ou sacola com as demais compras. Não as deixem expostas ao sol após a compra ou em locais muito quentes como dentro do carro.

A mostarda é muito perecível e preferencialmente deve ser consumida no dia da compra. Se não for consumí-la imediatamente, lave as folhas em água corrente, descarte as folhas com defeitos, escorra o excesso de água e acondicione em vasilha ou saco de plástico. Mantenha em geladeira por até cinco dias. Outra opção é lavar as folhas, escorrer o excesso de água, embrulhá-las delicadamente em um pano de prato limpo e colocá-las numa vasilha de plástico tampada.

Para congelar a mostarda, lave as folhas e corte-as em tiras finas. Faça o branqueamento ou seja, coloque as folhas em água fervente por 2 minutos e em seguida em água gelada por mais 2 minutos. Escorra a água e acondicione as folhas em vasilhas de plástico com tampa ou em saco de plástico para alimentos e em seguida leve ao freezer. A mostarda congelada deve ser consumida em pratos cozidos. Para descongelar leve diretamente ao fogo durante o preparo do prato. O tempo de conservação em congelador é de 3 meses.

As folhas novas são macias, tenras, têm o sabor mais suave e podem ser consumidas em saladas cruas e sanduíches. As folhas mais desenvolvidas têm o sabor mais picante e podem ser usadas em pratos que levem cozimentos como refogados, cozidos, farofas, tortas, pães.

Para preparar, pode-se separar previamente as folhas do talo, mas isso não é necessário para as folhas novas que têm os talos muito macios. Em seguida, lave bem em água corrente, corte ou rasgue as folhas. Quando for consumí-las cruas proceda à sanitização das folhas com produtos à base de cloro, próprios para sanitização de hortaliças.

As folhas para salada podem ser temperadas da mesma maneira que se tempera uma salada de alface, com vinagrete, vinagre balsâmico e azeite ou o molho de sua preferência. Também pode substituir a alface em saladas mistas ou adicionar um sabor picante à tradicional salada de alface com tomate.

Quando refogada ou cozida pode ser servida como acompanhamento de vários tipos de prato como arroz, batata, carnes diversas, ou como ingredientes de sopas, purês e suflês. Pode substituir o espinafre e a chicória em coberturas de pizza e recheios de tortas. Quando forem adicionadas a pratos que serão cozidos ou assados posteriormente, como em recheios ou suflês, deve-se cozinhar as folhas de mostarda somente pelo tempo necessário para murchá-las ou simplesmente mergulhá-las em água fervente.


Receitas

Pasta de folha de mostarda
Nível: fácil

Mostarda com macarrão e carne seca
Nível: fácil

Trouxinha de folha de mostarda
Nível: fácil