Workshop

Pragas Quarentenárias Ausentes Priorizadas para Pesquisa

- Foco em cultivos do estado de São Paulo

08 de maio de 2018, das 8h15 às 17h15 | Embrapa Meio Ambiente - Jaguariúna, SP

 

É crescente a demanda pelo desenvolvimento e implementação de medidas para apoiar a detecção prévia de organismos exóticos que apresentem risco de entrada no Brasil associado ao significativo impacto econômico em culturas-hospedeiras. Prospectar e conhecer, antecipadamente, a distribuição atual, os aspectos biológicos e os danos provocados nos hospedeiros por pragas quarentenárias ausentes é de fundamental importância para apoiar as ações de defesa fitossanitária nacional. Ações conjuntas da Embrapa (Arranjo Quarentena e Portfolio de Sanidade Vegetal) junto ao DSV/Mapa priorizaram 20 pragas quarentenárias ausentes para ações em projetos de P&D. Essas pragas devem ser apresentadas à comunidade científica nacional, presente em diferentes regiões do país,visando difundir e ampliar conhecimentos para promover o reconhecimento(caso ingressem no país) e para favorecer a elaboração antecipada de protocolos de MIP que contribuam às atividades emergenciais e/ou contenção por parte dos órgãos responsáveis. Por essa razão, congregar diferentes instituições de pesquisas regionais igualmente fortalecerá identificações em campo e a apresentação de propostas de projetos mais pertinentes as características de seus agroecossistemas passíveis de sofrerem danos significativos.

 

Objetivo:

Divulgar as pragas quarentenárias ausentes (A1) priorizadas para pesquisas, resultante de trabalho técnico realizado em 2017 no âmbito de ações conjuntas dos Arranjo Quarentena (Embrapa), DSV/SDA(Mapa) e Portfólio Sanidade Vegetal (Embrapa), prioritariamente para a comunidade científica do estado de São Paulo que pesquisa ações de monitoramento e controle de pragas exóticas. O evento se propõe a apresentar aspectos biológicos e de danos aos cultivos causados por insetos, fungo e plantas daninhas com potencial para atacar cultivos de frutas, gramíneas e grãos, favorecendo à mais rápida identificação dos insetos, em caso de ocorrência, e a elencar demandas que estimulem ações conjuntas de pesquisa preventiva, em apoio às práticas de monitoramento e controle realizadas pelo Mapa.

 

Público-alvo:
Pesquisadores de Universidades, Fundações, Instituições ou empresas de pesquisa científica, prioritariamente do estado de São Paulo, que trabalhem com pragas exóticas, com ênfase em cultivos de citros, cana-de-açúcar, milho, sorgo e banana.

 

70 vagas

Inscrição gratuita  CLIQUE AQUI 


Serão permitidas 5 inscrições por instituição, inscrições extras serão analisadas pela coordenação do evento. 

 

Programação

 

 

Local

Embrapa Meio Ambiente

Rodovia SP-340, Km 127,5, Tanquinho Velho, Jaguariúna, SP

Auditório Paulo Kitamura - sala B

 

Como chegar?