Innovation Network in animal reproduction

PC 03 - Estratégias nutricionais para melhorar a eficiência reprodutiva

Este PC possui três planos de ação voltados para a avaliação da influência da nutrição na função reprodutiva e produção de gametas em ruminantes. Baseado nos resultados obtidos nas atividades contempladas nos PAs, poder-se-á desenvolver estratégias de manejo nutricional para melhorar a eficiência reprodutiva desses animais. As atividades previstas, além das relacionadas à gestão do PC estarão avaliando o efeito de produtos agrícolas comerciais ou não e de diferentes dietas nutricionais na reprodução de animais de ambos os sexos. Alguns desses produtos agrícolas, inclusive, são de importância eco-regional tais como o óleo de dendê na Região Amazônica, ou internacional, como a gordura protegida.

Objetivos

  • Avaliar a influência da nutrição e estado corporal na função reprodutiva e produção de gametas em animais de interesse zootécnico.

Responsável

Dr. Ricardo Alamino Figueiredo

Planos de Ação

  • PA 1 - Plano de Gestão
    O PA Gestão do PC03 prevê a realização de reuniões técnicas e workshops com as equipes envolvidas nos PAs e potencialmente, com equipes de outros PCs afins para organização das informações levantadas pelos projetos. Os questionamentos referentes à propriedade intelectual das atividades dentro desse PC que gerem produtos ou processos passíveis de proteção, serão encaminhados ao projeto de Gestão (PC1) do MP1.
    OBJETIVOS
    • Consistem em reunir a equipe responsável pelas atividades dos planos de ação deste PC para ordenar a experimentação dentro de cada PA e entre os PAs e monitorar a distribuição e a utilização dos recursos financeiros entre PAs. Além disso, objetiva-se identificar novas oportunidades de interações tanto na área cientifica como na área tecnológica e estimular os membros do projeto a apresentarem propostas complementares a outras fontes financiadoras.
  • PA 2 - Influência da quantidade ou tipo de alimento na função reprodutiva e produção de embriões
    Diversas atividades estarão avaliando o tipo e quantidade de dietas fornecidas a fêmeas ruminantes na função reprodutiva e qualidade de gametas e embriões, além de outros aspectos relacionados à fertilidade.
    OBJETIVOS
    • Avaliar a influência da nutrição e estado corporal na função reprodutiva e produção de gametas em fêmeas de interesse zootécnico.
  • PA 3 - Influência da suplementação alimentar sobre os aspectos quanti-qualitativos do sêmen in natura e criopreservado de ruminantes
    O desempenho reprodutivo dos machos ruminantes é altamente influenciado pela nutrição especialmente no que se refere a sua fertilidade. A qualidade do sêmen e a resistência ao processo de criopreservação podem ser prejudicados, manterem-se inalterados ou mesmo sofrerem um incremento como conseqüência da inclusão de alguns elementos na alimentação animal. A suplementação da dieta com gorduras tem sido usada, dentre outras razões, para aumentar o conteúdo intramuscular de ácidos graxos polinsaturados na carne em particular aqueles de cadeias longas. A ingestão desses lipídios na alimentação pode trazer benefícios sobre a performance reprodutiva de fêmeas e machos e sobre a crio-resistência de gametas e embriões de espécies de ruminantes. Especialmente para reprodutores, a gordura protegida da degradabilidade ruminal pode ser usada para melhorar os aspectos quanti-qualitativos do sêmen e diminuir as injúrias provocadas nos espermatozóides pela refrigeração e congelação. No caso específico do aproveitamento de subprodutos da agroindústria na nutrição animal como forma de reduzir os custos de produção e evitar a expansão das áreas de pastagem, é recomendável que sejam avaliados além dos seus benefícios sobre a produção, seus efeitos sobre a reprodução, particularmente nos machos com relação à qualidade do sêmen. Dois dos principais subprodutos da agroindústria da região Norte do Brasil são a torta de amêndoa de dendê e o farelo de coco que podem ser utilizados como alternativa para intensificar os sistemas de produção de ruminantes ou aumentar a capacidade de suporte das pastagens evitando pressões da atividade pecuária sobre áreas de florestas. Este PA terá como objetivo geral, avaliar a influência da suplementação nutricional sobre os aspectos quanti-qualitativos do sêmen in natura e criopreservado de ovinos, bovinos e bubalinos. Assim, serão avaliados os efeitos da ingestão de gordura protegida da degradabilidade ruminal pelos ovinos e bovinos e de torta de amêndoa de dendê e farelo de coco pelos bovinos e bubalinos sobre a produção, qualidade e congelabilidade do sêmen de reprodutores destas espécies.
    OBJETIVOS
    • Objetivo geral Avaliar a influência da nutrição sobre os aspectos quanti-qualitativos do sêmen in natura e criopreservado de ruminantes de interesse zootécnico Objetivos específicos 1. Avaliar os efeitos da ingestão de gordura protegida da degradabilidade ruminal sobre a qualidade do sêmen in natura de reprodutores ovinos e bovinos; 2. Avaliar os efeitos da ingestão de gordura protegida da degradabilidade ruminal sobre a congelabilidade do sêmen de reprodutores ovinos e bovinos; 3. Testar o aproveitamento na alimentação animal de subprodutos oriundos da agroindústria regional como a torta de amêndoa de dendê ou farelo de coco; 4. Avaliar o perfil seminal e a cinética espermática do ejaculado de bovinos e bubalinos, pré e pós-arraçoamento com dietas contendo torta de amêndoa de dendê ou farelo de coco; 5. Comparar a congelabilidade do sêmen de bovinos e bubalinos, antes e após a alimentação com dietas contendo torta de amêndoa de dendê ou farelo de coco; 6. Avaliar a possível existência de fatores anti-nutricionais na torta de amêndoa de dendê e farelo de coco, que possam impactar negativamente nas características físico-químicas seminais e na cinética espermática dos animais suplementados.