Histórico

1970

Década da criação da Embrapa e das primeiras iniciativas da Empresa relacionadas à organização e disponibilização de informações técnico-científicas

  • 1973

    • Criação da Embrapa

  • 1974

    • Criação do Departamento de Informação e Documentação (DID), em Brasília; • Estruturação do Sistema de Informação Técnico-Científica da Embrapa (SITCE), composto por órgão central coordenador, o DID, e por Setores de Informação e Documentação nas Unidades; • Criação de Bibliotecas em diversas Unidades Descentralizadas;

  • 1975

    • Centralização das atividades de aquisição e catalogação no DID; • Criação das Bibliotecas nas Unidades Descentralizadas;

  • 1976

    • Criação de novos serviços relacionados à informação técnico-científica, como: comutação bibliográfica, disseminação seletiva da informação, elaboração de resumos informativos, elaboração de bibliografias especializadas e apoio na editoração; • I Encontro de Bibliotecários da Embrapa, Brasília, DF; • O DID firma convênio com a National Agricultural Library dos Estados Unidos e com a British Library; • Implantação do Sistema CAINAC, com o objetivo de automatizar a base de dados das bibliotecas;

  • 1977

    • Realização do II Encontro de Bibliotecários da Embrapa, em Itajaí/SC; • O DID começa a elaborar bibliografias e catálogos em conjunto com outros países como Chile, Bolívia, Argentina e França; • O DID é transferido para o Edifício Venâncio 2000;

  • 1978

    • III Encontro de Bibliotecários da Embrapa, Fortaleza/CE;

  • 1979

    • IV Encontro de Bibliotecários da Embrapa, Brasília/DF, Sete Lagoas/MG, Campina Grande/PB, Pelotas/RS, Rio de Janeiro/RJ (encontro regional);

1980

Mudanças estruturais na Empresa, inauguração do edifício da Embrapa Sede e importantes passos relacionados à automação das bibliotecas da Embrapa

  • 1981

    • V Encontro de Bibliotecários da Embrapa, Brasília/DF, Cruz das Almas/BA, Passo Fundo/RS (encontro regional);

  • 1982

    • VI Encontro de Bibliotecários da Embrapa e X Encontro de Bibliotecários e Documentalistas Agrícolas, João Pessoa/PB; • Lançamento do primeiro Catálogo Coletivo de Periódicos da Embrapa (CCPE); • 1º Curso de Especialização em Informação Agrícola (IBICT/BINAGRI/Embrapa e CBDA, Brasília/DF;

  • 1983

    • O DID é extinto, suas atribuições passam a ser de competência do Departamento de Difusão de Tecnologia (DDT); • VII Encontro dos Bibliotecários da Embrapa, Goiânia/GO;

  • 1984

    • VIII Encontro de Bibliotecários da Embrapa, Brasília/DF;

  • 1986

    • É novamente criado o DID; • IX Encontro de Bibliotecários da Embrapa, Brasília/DF;

  • 1988

    • Operacionalização do Sistema Brasileiro de Informação sobre Pesquisas Agrícolas em Andamento (BRACARIS); • Inauguração do edifício da Embrapa Sede;

  • 1989

    • Aquisição de potentes computadores para a informatização dos acervos das bibliotecas; • X Encontro de Bibliotecários da Embrapa, Brasília/DF;

1990

Grande avanço na automação das bibliotecas da Embrapa e lançamento do software Ainfo

  • 1990

    • Extinção do DID; • Criação do Departamento de Informação e Editoração (DIE);

  • 1991

    • Extinção do Departamento de Informação e Editoração (DIE); • Criação do Serviço de Produção de Informação (SPI), estrutura descentralizada da Embrapa, que absorveu as atividades de editoração; • Descentralização dos serviços de comutação bibliográfica nacional e internacional, aquisição de material bibliográfico nacional e internacional; desativação dos serviços de intercâmbio central, banco de bibliografias, banco de teses, banco de tradução, e; remanejamento de técnicos de informação e informática para as Unidades Centrais e Descentralizadas; • Criação do Conselho Técnico Consultivo para as Áreas de Informação; • Implantação do Sistema Embrapa de Informação (SEI), com enfoque sistêmico da informação; • Lançamento da primeira versão do software Ainfo – sistema informatizado para gestão do acervo das bibliotecas, pela Embrapa Informática Agropecuária;

  • 1993

    • As atividades de informação e documentação passam a ser de competência da Coordenadoria de Informação e Documentação (CID), vinculada ao Departamento de Informática (DIN), que, no mesmo ano, passou a ser denominado de Departamento de Informação e Informática (DIN);

  • 1996

    • Workshop de Informação e Informática e XI Encontro de Bibliotecários da Embrapa, Brasília/DF;

  • 1998

    • Lançamento da Base de Dados da Pesquisa Agropecuária, em CD-ROM, com todo o catálogo das bibliotecas da Embrapa; • Aprovação pela Diretoria Executiva do Manual de Informação e Documentação;

  • 1999

    • Implementação do serviço de alerta eletrônico - aplicativo para divulgar, via intranet, os sumários de periódicos assinados pela Embrapa;

2000

Acesso ao Portal Capes, lançamento da Biblioteca Digital, aprovação dos projetos Acesso Aberto e Modernização do SEB

  • 2000

    • XII Encontro de Bibliotecários da Embrapa, Bento Gonçalves/RS;

  • 2003

    • A Coordenadoria de Informação e Documentação (CID) tem suas atribuições transferidas para a Embrapa Informação Tecnológica, unidade que passa a gerenciar o Sistema Embrapa de Bibliotecas (SEB); • A Embrapa firma convênio com a Capes e passa a ter acesso ao Portal de Periódicos da Capes, via usuário colaborador;

  • 2004

    • XIII Encontro de Bibliotecários da Embrapa, Brasília/DF;

  • 2005

    • Participação do Sistema Embrapa de Bibliotecas no Conselho Técnico do Programa Comut;

  • 2006

    • Aprovação pelo Sistema Embrapa de Gestão do Projeto Memória Embrapa e do Projeto Desenvolvimento e Gestão do Sistema Embrapa de Bibliotecas;

  • 2007

    • Aquisição de e-books de importantes editores internacionais; • Integração do Sistema de Informação de Apoio à Decisão Estratégica (SIDE), importante ferramenta de gestão na Empresa, com o software Ainfo;

  • 2008

    • Lançamento da Biblioteca Digital; • Aprovação do Projeto Acesso Aberto na Embrapa: maximizando o impacto da pesquisa, a visibilidade e a gestão da informação científica;

  • 2009

    • I Workshop de Gestão da Informação da Embrapa, Brasília/DF;

2010

Lançamento dos repositórios institucionais, aprovação de normas relacionadas à informação e documentação, olhar atento à gestão da informação, vinculação do SEB à Secretaria Geral da Embrapa.

  • 2010

    • II Workshop de Gestão da Informação na Embrapa;

  • 2011

    • Lançamento dos repositórios institucionais, Alice, Infoteca-e e, do metabuscador, Sabiia;

  • 2012

    • III Workshop de Gestão da Informação na Embrapa, Brasília/DF;

  • 2013

    • Realização do Seminário Tendências da Gestão da Informação em Instituições de Ciência e Tecnologia, pela Embrapa Informação Tecnológica, em parceria com a Embrapa Estudos e Capacitação;

  • 2014

    • Aprovação pela Diretoria Executiva da Política de Preservação de Acervos da Embrapa; • Aprovação pela Diretoria Executiva da Política de Desenvolvimento de Coleções da Embrapa; • Aprovação pela Diretoria Executiva da norma de Gestão do Acervo Documental da Embrapa; • Aprovação pela Diretoria Executiva do Manual de Conservação Preventiva do Patrimônio Documental da Embrapa; • Aprovação pela Diretoria Executiva do Manual de Procedimentos para Sistematização, Desenvolvimento e o Registro de Memória Oral da Embrapa;

  • 2014

    • A equipe do Ainfo capacita a equipe do Instituto Nacional de Investigação Agropecuária (INIA, Uruguai) para desenvolvimento e implantação do Sistema Ainfo 6

  • 2017

    • No mês de agosto é lançada a segunda versão dos repositórios digitais de acesso aberto à informação científica e tecnológica: Alice e Infoteca-e, com a adoção da licença pública de uso Creative Commons. • É aprovado pelo Sistema Embrapa de Gestão o arranjo Gestão da Informação Científica e Tecnológica da Embrapa: estratégias para o fortalecimento, consolidação e inovação (GESTINF).

  • 2018

    • Com a reestruturação da Empresa, O Sistema Embrapa de Bibliotecas se torna vinculado ao setor de Gestão da Informação, da Gerência de Comunicação e Informação, da Secretaria Geral da Embrapa. A Biblioteca da Sede fica sob a mesma vinculação.