Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) são uma agenda mundial adotada por 193 países durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável em setembro de 2015 composta por 17 objetivos e 169 metas a serem atingidos até 2030.

Tratam-se de ações mundiais nas áreas de erradicação da pobreza, segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, redução das desigualdades, energia, água e saneamento, padrões sustentáveis de produção e de consumo, mudança do clima, cidades sustentáveis, proteção e uso sustentável dos oceanos e dos ecossistemas terrestres, crescimento econômico inclusivo, infraestrutura, industrialização, entre outros.

O Brasil se posicionou de forma firme em favor de contemplar a erradicação da pobreza como prioridade entre as iniciativas voltadas ao desenvolvimento sustentável.

 

A Embrapa e os ODS

O alinhamento da Embrapa ao compromisso internacional com os ODS é uma maneira de a Embrapa prestar contas à sociedade e mostrar como poderemos ajudar a erradicar a pobreza no Brasil com alternativas que poderão também ser adotadas em várias partes do mundo.

A equipe responsável por essas ações na Sede da empresa é a Secretaria de Inteligência e Macroestratégia (SIM), a qual promoveu o Mapeamento do relacionamento entre os Eixos de Impacto e os 12 Objetivos Estratégicos (VI PDE) com os 17 ODS. Como alimentação e agricultura tem relação com praticamente todos os ODS, a Embrapa realizou ampla avaliação de toda a sua programação de pesquisa e inovação agropecuária, mapeando interfaces e sinergias com os ODS e suas metas.

Estas informações estão disponíveis no endereço: https://www.embrapa.br/objetivos-de-desenvolvimento-sustentavel-ods.

Web Content Display

 

Através da equipe da Rede ODS - Embrapa formaram-se equipes de trabalho em cada uma das Unidades Descentralizadas da Embrapa para evidenciar o alinhamento do seu planejamento de pesquisa ao compromisso internacional com os ODS, como forma de prestar contas à sociedade e mostrar como cada Unidade pode ajudar a erradicar a pobreza no Brasil em todas as suas formas, contribuindo com alternativas que poderão também ser adotadas em várias partes do mundo. 

 

A Embrapa Solos, a exemplo do que foi feito pela Secretaria de Inteligência e Macroestratégia da Embrapa, promoveu o alinhamento às ODS das contribuições da agenda de pesquisa da Unidade, dos seus resultados e principais tecnologias, produtos e processos disponibilizados para a sociedade.

 

Notícias

Barragem subterrânea participa da premiação das tecnologias finalistas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável Brasil 2018

Premiação promovida no dia 13 de dezembro, no Palácio do Planalto (DF), reuniu os gestores das 39 políticas públicas brasileiras que disputaram a primeira edição do Prêmio Objetivos do...

Barragem subterrânea é boa opção para países com déficit de água

Entre 27 e 29 de agosto, em Brasília, a pesquisadora da Embrapa Solos Selma Cavalcanti Cruz de Holanda Tavares participou do Workshop Internacional Cooperativas para desenvolvimento sustentável,...

Web Content Display

A Embrapa organizou uma série de publicações composta por 18 e-books que abordam como a atuação da Empresa está vinculada a cada um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Abaixo estão listados os ODS para os quais a Embrapa Solos contribuiu. Para acessar e baixar uma publicação, basta clicar no ícone do ODS correspondente. 

Os e-books estão disponíveis apenas no formato ePub. Para ler essas publicações, é necessário ter no celular ou computador um desses softwares gratuitos.  Para Sistemas Android: Google Play Livros; IOS: iBooks; Windows e Linux: software Calibre

 


 

 

 

Web Content Display

Specolo

Specolo

O SpecSolo® é uma tecnologia inovadora destinada à análise de solos por espectroscopia no infravermelho próximo (NIR) que faz uso de técnicas de Big Data e Inteligência Artificial. O Specsolo contribui com os ODS 2, 9, 12 e 15.

Acesse

SIBCTI

SIBCTI

O SIBCTI é um Sistema Brasileiro de Classificação de Terras para Irrigação que retorna uma classificação para os dados relacionados a solos, água, metodologia de irrigação e cultura. O SIBCTI contribui com os ODS 6, 12, 13 e 15.

Acesse

SIBCS

SIBCS

O SiBCS é um sistema taxonômico de solos, hierárquico, multicategórico e aberto, com a finalidade de classificar todos os solos existentes no Brasil. O SIBCS contribui com os ODS 2, 12 e 15.

Acesse

DRES

DRES

O Diagnóstico rápido da estrutura do solo (DRES) é um método de campo para qualificar a estrutura do solo, de execução simples e rápida. O DRES contribui com os ODS 2, 6, 12 e 15.

Acesse

Manual de métodos de análise de solo

Manual de métodos de análise de solo

O Manual de Métodos de Análise de Solo reúne métodos clássicos empregados na caracterização dos solos e, também, métodos relativamente novos. Contribui com os ODS 2 e 12.

Acesse

Fertmovel

Fertmovel

 

O Fertmovel é um laboratório completo, voltado a análises de fertilidade do solo, que foi desenvolvido pela Embrapa Solos para operar dentro de um furgão de 14 metros cúbicos. O Fertmovel contribui com os ODS 2,12,15.

 

Acesse

PAQLF

PAQLF

O Programa de Análise de Qualidade de Laboratórios de Fertilidade, tem como principal objetivo a verificação da qualidade das determinações analíticas em solos dos laboratórios de instituições públicas e privadas. O PAQLF contribui com os ODS 2 e 12.

 

Acesse

Mapa de carbono orgânico do solo

Mapa de carbono orgânico do solo

Este mapa digital une modelagem matemática e conhecimentos levantados em campo para ajudar em programas de conservação de recursos naturais. Contribui com os ODS 2, 12, 13, 15.

Acesse

ZAAL

ZAAL

 

O Zoneamento Agroecológico do Estado de Alagoas (ZAAL) tem como objetivo subsidiar tomadores de decisão com informações sobre os recursos naturais do estado. Contribui com os ODS 2, 6, 12, 13, 15.

 

Acesse